Soja precoce corre risco de estragar no Mato Grosso
CI
Agronegócio

Soja precoce corre risco de estragar no Mato Grosso

O grão já está pronto para a colheita e o atraso ocasionado pelo tempo pode resultar em perdas
Por:

A soja precoce, plantada por volta de outubro do ano passado, está correndo o risco de passar do ponto por causa das chuvas em Mato Grosso, conforme o diretor técnico da Globalsat, Leandro Fabiani. Por ter sido semeado mais cedo, nesta época o grão já está pronto para a colheita e o atraso ocasionado pelo tempo pode resultar em perdas. Segundo ele, após o fim do ciclo, a vagem estoura e o grão cai de forma natural. Além disso, quando chove o grão absorve mais umidade. Isto pode ocasionar o apodrecimento da soja mesmo com o grão ainda na planta, devido ao ataque de fungos.

“Com isso, a produção perde qualidade. Como não é possível extrair óleo vegetal dos grãos avariados [danificados], eles não são aceitos pelas indústrias. Os grãos avariados servem apenas para fazer ração animal”, diz. O presidente do Sindicato Rural de Rondonópolis, Ricardo Tomczyk, acredita que por enquanto, apenas os produtores que iniciaram a colheita da lavoura estão tendo prejuízos. “O atraso na colheita provoca a deterioração dos grãos”. Ele calcula que até ontem no máximo 10% da soja plantada na Região Sul do Estado foi colhida.

Mobilização

Nas Regiões Norte e Médio Norte, onde o plantio da soja ocorre mais cedo e o ciclo de desenvolvimento da planta está mais avançado, os produtores já estão falando em perdas de 20% da produção. Por conta da perspectiva de maiores prejuízos, lideranças agrícolas dessas regiões estão organizando um movimento para reivindicar uma nova renegociação de dívidas. No ano passado as pendências da safra 2004/2005 e 2005/2006 já foram prorrogadas. Uma reunião será realizada neste sábado (17-02), em Lucas do Rio Verde (MT), quando será elaborada uma proposta de reescalonamento dos débitos.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink