Soja responde por mais de 35% da área e continua com maior valor da produção
CI
Agronegócio

Soja responde por mais de 35% da área e continua com maior valor da produção

A produção, em valores, ficou em R$ 50,3 bilhões
Por:
Rio de Janeiro - A Produção Agrícola Municipal (PAM), pesquisa que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga nesta sexta-feira (26), constatou que a soja, mais uma vez, foi a cultura com o maior valor da produção, respondendo por 25,7% do valor total da produção agrícola brasileira de R$ 195,6 bilhões, verificado em 2012. A produção de soja, em valores, ficou em R$ 50,3 bilhões.


Em seguida, vêm a cana-de-açúcar, que respondeu por 20,1% do valor total – ou R$ 39,2 bilhões; e o milho, com 11,4% (R$ 22,2 bilhões).

Em 2011, ano-base da pesquisa, a cultura da soja bateu mais um recorde de produção, com 74,8 milhões de toneladas produzidas em uma área de 24 milhões de hectares – um aumento de 8,8 milhões de toneladas em relação a 2011 e de 3% em relação à área plantada.


Na avaliação do IBGE, os produtores expandiram as áreas cultivadas de soja, em detrimento principalmente do milho primeira safra – que é cultivado na mesma época –, “atraídos por melhores preços e facilidades de comercialização”.

Ao contrário de 2010, quando as cotações internacionais caíram com o aumento da oferta e a valorização do real, em 2011, ocorreu uma recuperação dos preços da soja no mercado internacional, “influenciada pelas condições climáticas desfavoráveis que atingiram grandes produtores, como a seca na Rússia, na Argentina e em parte da Europa”, disse o IBGE.


Houve ainda grandes cheias na Austrália e nevasca nos Estados Unidos, o que fez com que o produto fosse comercializado no Brasil a R$ 673,24 a tonelada em 2011, contra R$ 543,67, em 2010 – um aumento de 23,8%.

Edição: Lana Cristina

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink