ANÁLISE AGROLINK

Soja volta a disparar nos EUA

USDA deve diminuir ainda mais sua estimativa de soja na Argentina
Por: -Leonardo Gottems
680 acessos

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na sexta-feira (27.04) uma alta de 17,00 centavos de Dólar no contrato de Maio/18, fechando em US$ 10,45 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com valorizações entre 14,25 e 17,00 pontos.

O mercado norte-americano da soja fechou a semana com fortes altas nos principais contratos futuros, contrariando a tendência que vinha sendo observada de estabilidade. De acordo com a T&F Consultoria Agroeconômica, a alta se deve à projeção de que, muito provavelmente, o USDA deverá diminuir ainda mais a sua estimativa de produção de soja na Argentina (no relatório mensal que deverá sair no dia 10 de maio), alterando o quadro de oferta e demanda mundial.

Segundo a Consultoria AgResource, os fundos especulativos voltaram ao lado da compra em Chicago: “Os motivos funda­mentais para tal movimento são escassos, com gestores de investimento na procura de qualquer grande novidade para manter suas posições ab­ertas no Mercado. As projeções climáticas para os Estados Unidos con­tinuam favoráveis, com o ritmo de plantio acelerando neste fim de sem­ana. A ARC estima que até este próximo domingo, algo em torno de 4% da área de soja estadunidense seja semeada. O ritmo se mostra dentro das normalidades, porém ficaria sendo apenas a metade da área plantada no mesmo período de 2017”. 

“Na Argentina, os prêmios de exportação se elevam com sinais de que a colheita não anda tão bem, com a severa seca no primeiro trimestre de 2018 e com chuvas intensas agora durante no período de maturação. Nos EUA, as exportações seguem medianas, com uma leve redução do ritmo criado nos últimos 40 dias. Na semana pas­sada, foram vendidos apenas 371.000 tons de soja EUA para exportação”, concluem os analistas da ARC. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink