Somente 14% da safra de soja colhida no PR foi vendida

Agronegócio

Somente 14% da safra de soja colhida no PR foi vendida

O preço da saca de soja estipulado pelo mercado internacional vem causando insônia aos produtores do PR
Por:
1 acessos

O preço da saca de soja estipulado pelo mercado internacional vem causando insônia aos produtores paranaenses. Além de produzir aquém de suas expectativas, eles correm o risco de receber menos do que o esperado. A cotação da saca, que no ano passado chegou a R$ 50, está hoje em R$ 28.

Na esperança de que o preço se recupere, os produtores começam a segurar a safra. De acordo com o Departamento de Economia Rural (Deral), até a semana passada somente 14% da cultura estava comercializada. No ano passado, nessa mesma época, 44% da soja tinha sido vendida. “O mercado está parado, na esperança de que o preço da saca chegue a pelo menos R$ 32 para que as negociações de vendas sejam retomadas”, afirma o coordenador de produção agrícola da cooperativa Castrolanda, Alcebíades Alves da Cruz.

As cooperativas também começam a contabilizar a queda na venda de insumos. Na Cooperativa Mista Agropecuária do Brasil, (Coopermibra), em Campo Mourão, a procura por insumos diminuiu em 40%, comparado ao mesmo período do ano passado. “O agricultor vai deixar o solo parado para não ter mais prejuízos”, diz o engenheiro agrônomo e vice-presidente da Coopermibra, Valdomiro Bognar.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink