Startup lança biológico inédito contra seca
CI
Imagem: Eliza Maliszewski
SOLUÇÕES

Startup lança biológico inédito contra seca

Microorganismo é utilizado em um bioestimulante e inoculante que obteve registro no ano passado 
Por: -Eliza Maliszewski

Uma startup anunciou o lançamento de sua linha de biológicos de alta performance na América Latina. Chamada de biotrinsic, a nova linha engloba seis produtos com foco em soja e milho, e traz como destaque um produto único no mercado que conta com o Bacillus simplex.

O microrganismo é bioestimulante e promotor do crescimento da planta. Seu principal diferencial é proporcionar às plantas maior tolerância a situações de estresse hídrico, fazendo com que a lavoura se desenvolva com uma necessidade menor de água. O microrganismo é utilizado em um bioestimulante e inoculante que obteve registro do MAPA no Brasil no ano passado. 

O desenvolvimento foi feito pela Indigo, presente no Brasil e na Argentina, que aposta nos biológicos de forma estratégica, mirando o avanço desse mercado nos últimos anos. “Há pesquisas que apontam o crescimento do mercado de insumos biológicos em mais de 70% nos próximos quatro anos e o país deve acompanhar esse crescimento. No Brasil, por exemplo, em 2021 alcançamos mais de um milhão de hectares com a cobertura de nossas soluções, número quase três vezes maior do que em 2020. Para este ano, esperamos superar dois milhões de hectares no Brasil e o lançamento da marca é uma de nossas apostas”, afirma o CEO LATAM e CBO, Dario Maffei.

A empresa conta com um acervo de microrganismos benéficos catalogados que têm a capacidade de proteger as lavouras de diversos tipos de estresses abióticos e bióticos indo desde temperaturas extremas e escassez de água até solos deficientes em nutrientes e controle de doenças.  

“Em 2021, durante o processo de ensaios para registro do produto, realizados na região Centro-Oeste durante a safrinha de milho, obtivemos como resultado em áreas tratadas com o simplex um aumento de 12,5% de peso de raiz, 14 centímetros de comprimento radicular e 18% de massa de raiz, o que garantiu a produtividade de até 10 sacas a mais por hectare em áreas que sofreram impacto de seca,”, explica Reinaldo Bonnecarrere, engenheiro agrônomo, doutor em fisiologia dos cultivos agrícolas e diretor LATAM de biológicos.

Milho: melhora o estresse hídrico, pelo incremento de raízes secundárias e pelos radiculares; Plantas mais robustas e vigorosas, devido ao maior aporte de nitrogênio na fase inicial da planta; Plantas mais nutridas em razão da maior solubilização do fósforo indisponível; Maior tolerância à doenças; Elevada estabilidade após o tratamento de sementes (300 dias) e compatibilidade com produtos químicos.

Soja: além das caracteristicas acima também oferece elevada estabilidade após o tratamento de sementes (90 dias) e aumento da eficiência da nodulação.

* com informações da assessoria de imprensa

 

 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.