Startup mecaniza plantio de MPB em cana
CI
Imagem: Divulgação
EM ALTA

Startup mecaniza plantio de MPB em cana

Em relação às vantagens há o maior rendimento, menor compactação do sulco e uma só passada
Por: -Eliza Maliszewski

O plantio com mudas pré-brotadas (MPB) na cana-de-açúcar ganha espaço no país. A cultura foi trazida pelos portugueses em 1532 e ganhou importância no contexto econômico brasileiro, chegando a ser a mais importante em um ciclo. A forma de plantio evoluiu. A MPB é uma muda produzida em viveiro a partir de gemas de colmos da cana. A técnica produz a partir de mudas clonadas de alta qualidade, livres de doenças e pragas, o que garante taxa de multiplicação muito maior que a do plantio tradicional. 

O custo é menor que o tradicional. Em média para cultivar um hectare de cana-de-açúcar no modelo convencional, são necessários cerca de R$ 7.300,00. Já o cultivo com “MPB”, o produtor teria que investir algo em torno de R$ 6.000,00 por hectare. Entre outras vantagens está o melhor pegamento do plantio, introdução de novas variedades mais sadias, menos compactação do solo, menor custo operacional e a produtividade pode aumentar 40%, segundo o Instituto Agronômico de Campinas (IAC).

A operação é relativamente nova para usinas e fornecedores de cana. Isso porque, muito além de definir quais serão as áreas e as variedades que serão alocadas, o plantio de MPB exige estrutura especializada como mão-de-obra, maquinário, adubação, irrigação e planejamento. 

Solução para plantio mecanizado

Uma startup paulista de máquinas e implementos agrícolas, tem se tornado especialista nessa operação, tanto no desenvolvimento e comercialização das transplantadoras de MPB como na prestação de serviço de plantio. Na atual temporada, a empresa fez o plantio de cerca de 1,5 mil hectares e entre vendas de máquinas e prestação de serviços deve faturar neste ano, com este segmento, R$ 3,6 milhões, 49% a mais que no ano anterior, com clientes nos estados de São Paulo, Mato Grosso, Paraná, Goiás e Minas Gerais.

A startup também tem dois modelos de transplantadora para comercialização: uma que faz o plantio de uma linha e outra que faz o plantio de até duas linhas, com espaçamento de 90 cm a 1,5 m, ambas com rendimento de até 3 hectares por turno. Neste ano já foram comercializadas 5 unidades. “Temos desde somente o aluguel dos equipamentos até o pacote completo, que inclui todo o planejamento da operação, a manutenção dos maquinários, um coordenador, o plantio e a irrigação das mudas”, explica o diretor de operações da Agricef, Efraim Albrecht.
 
Em relação às vantagens do plantio mecanizado, em comparação com o manual, há o maior rendimento, menor compactação do sulco de plantio, a capacidade de se fazer toda a operação em só passada (faz o sulco, aplica fertilizantes e defensivos e coloca a muda), além da padronização da operação que deve observar a correta profundidade de plantio, a compactação do solo e a aplicação correta do volume de solo sob o colo da muda. “Quando se opta pelo plantio com mudas pré-brotadas, há a garantia de sanidade e pureza varietal do material utilizado. Se for utilizado o método da meiosi para a implantação desse canavial temos informações de clientes que chegam a economizar até R$ 2 mil por hectare plantado quando comparado com o custo do plantio convencional”, conta Henrique Pigatto Rodrigues, gerente de operações de campo da Agricef.
 
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink