Sudão quer parceria no etanol e cana com o MS

Agronegócio

Sudão quer parceria no etanol e cana com o MS

Objetivo é trocar ideias sobre novas tecnologias nos setores de agricultura, pesca e pecuária
Por:
1333 acessos
Campo Grande - O ministro de Recursos Animais e Pesca do Sudão, Faysal Hassan Ibrahim teve audiência, no domingo (10), com a vice-governadora do Mato Grosso do Sul, Simone Tebet. Ele estava acompanhado de uma comitiva de 12 pessoas incluindo o ministro conselheiro ou ministro plenipotenciário, Abd Elaziz Hassan, dois empresários e diretores governamentais.


Depois de audiências em Brasília com os ministros Wagner Rossi (Agricultura) e Ideli Salvatti (Pesca), a comitiva do país africano seguiu para Mato Grosso do Sul. A missão sudanesa veio com o objetivo de explorar possibilidades de cooperação nas áreas de agricultura e pecuária.


O Mato Grosso do Sul foi escolhido pelos sudaneses porque possui semelhanças na situação econômica, populacional e ainda algumas coincidências geográficas com o país africano.

Assim como o estado está para a América do Sul, o Sudão também está localizado estrategicamente no centro do continente africano, tendo a fronteira seca com outros países enaltecendo seu enorme potencial em agricultura e pecuária.

"O ministro Faysal se interessou muito em saber sobre a produção do etanol e da cana de açúcar, um setor que está em franco crescimento por lá e onde o nosso Estado é referência no Brasil", explicou a vice-governadora Simone Tebet, que garantiu: "A conversa foi bastante produtiva porque estamos dispostos a firmar parcerias e temos plenas condições de trocar ideias sobre novas tecnologias nos setores de agricultura, pesca e pecuária".

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink