Sudoeste mantém maior produtividade do cinturão citrícola, 1.185 caixas por hectare

Imagem: Fundecitrus

PRODUTIVIDADE

Sudoeste mantém maior produtividade do cinturão citrícola, 1.185 caixas por hectare

Produtividade por setor nesta safra comparada à do ano anterior também mostra variações significativas
Por:
222 acessos

A produtividade média na safra de laranja 2020/21 do cinturão citrícola de São Paulo e Triângulo/Sudoeste Mineiro é estimada em 790 caixas por hectare, ante as 1.045 caixas por hectare colhidas na temporada 2019/20, uma redução de 24,5%.

A produtividade por setor nesta safra comparada à do ano anterior também mostra variações significativas, com exceção do Sudoeste (regiões de Avaré e Itapetininga), que apresenta a maior produtividade do parque, com 1.185 caixas por hectare, apenas 2,7% de queda em relação a 2019/20.

“O principal motivo da alternância de produtividade nos setores são as mudanças climáticas que frequentemente ocorrem de um ano para o outro”, explica o coordenador da Pesquisa de Estimativa de Safra (PES) do Fundecitrus, Vinícius Trombin. “Os números do Sudoeste estão associados a chuvas mais bem distribuídas e temperaturas mais amenas que normalmente se repetem ano após ano”, completa.

Para mais informações sobre a estimativa da safra 2020/21, acesse

https://www.fundecitrus.com.br/pes/estimativa


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink