Operação "Carne Fraca"

Superintendentes do PR e GO envolvidos na Carne Fraca são exonerados

Superintendentes do PR e GO envolvidos na Carne Fraca são exonerados
Por:
514 acessos

Nesta segunda-feira (20.03) o Ministério da Agricultura exonerou Gil Bueno de Magalhães e Júlio César Carneiro dos cargos de superintendente federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento que ocupavam nos Estados do Paraná e de Goiás, respectivamente. As portarias de exoneração estão publicadas no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira, 20, e foram assinadas pelo secretário executivo do Ministério da Agricultura, Eumar Novacki, ainda na última sexta-feira, dia 17, quando a operação foi deflagrada.

Os superintendentes são acusados de participar do esquema descoberto pela Operação “Carne Fraca” da Polícia Federal, que investiga pagamento de propina por licenças irregulares. 

No Diário Oficial da União também foram publicadas a dispensa de servidores que exerciam funções gratificadas no âmbito do Ministério da Agricultura no Paraná, Goiás e Minas Gerais, todos supostamente envolvidos nas investigações. 

Veja também

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink