Susto faz argentinos venderem recorde de milho
CI
Imagem: Leonardo Gottems
MUNDO

Susto faz argentinos venderem recorde de milho 

Vendas chegaram a 1,906 milhão de toneladas.
Por: -Leonardo Gottems

O avanço do governo argentino sobre o mercado de milho 2019/20 disparou alarmes para muitos produtores, que temiam que fosse o prelúdio para intervir no cereal da nova safra que começará a ser colhida em março próximo. Com isso, a TF Agroeconômica afirmou que os produtores da Argentina venderam recorde do cereal. 

“De 30 de dezembro de 2020 (dia do anúncio do fechamento do registro de exportação de milho 2019/20) até 13 de janeiro passado (último dado oficial disponível), foram registradas vendas de milho 2020/21 para exportadores e indústrias de 1,906 milhão de toneladas. Um fato notável é que mais de 9,0 milhões de toneladas do que foi vendido até agora tem um preço fixo, implicando que a maioria dos produtores não quer "surpresas" diante de qualquer mudança de cenário”, comenta a consultoria. 

Nesse cenário, as compras totais de milho 2020/21 totalizam até agora 13,2 milhões de toneladas em um saldo exportado provisório – se for alcançada uma safra de 47,5 milhões de toneladas – na ordem de 34 milhões, segundo estimativas preliminares. “O "efeito susto" também foi replicado no mercado de futuros agrícolas, a partir de 30 de dezembro até hoje foram negociadas mais de 830 mil toneladas dos contratos futuros de Maíz Rosário Abril, Julio, setembro e dezembro de 2021 da Matba Rofe”, completa. 

“Embora um ajuste de baixa nos preços internacionais do milho seja esperado imediatamente devido ao "lucro" dos comerciantes especulativos, depois de terem construído "posições compradas" a níveis recordes, a verdade é que os fundamentos intrínsecos do mercado de cereais estão em alta devido à aceleração das vendas externas que é registrada  nesta  campanha  pelos  EUA  (o  principal  exportador  mundial  de  grãos)  por  causa  da  voracidade importadora da China”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink