Tailândia eleva preço de açúcar


Agronegócio

Tailândia eleva preço de açúcar

Por:
5 acessos

A Tailândia, segunda maior exportadora mundial de açúcar, poderá elevar os preços locais dos adoçantes pela primeira vez em mais de 20 anos na tentativa de reduzir os subsídios pagos aos produtores. A Tailândia pode aumentar os preços em 21%, o que permitiria cortar os subsídios, declarou o ministro das Finanças, Suchart Jaovisidha. O país precisa reduzir os subsídios para ajudar o fundo estatal que apóia o setor a pagar dívidas no valor de 11 bilhões de baht (US$ 256 milhões). A Tailândia elevou os preços do açúcar no varejo em cerca de 13,25 baht (US$ 0,31) por quilo para evitar a flutuação de preços. O governo também restringe a quantidade de açúcar que os produtores locais podem exportar. O país pode aumentar os preços em 16 baht (US$ 0,37) por quilo. O governo vai decidir o nível do aumento dos preços em 27 de março.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink