Tangará da Serra: exportações acumula alta de 24%
CI
Agronegócio

Tangará da Serra: exportações acumula alta de 24%

O principal produto enviado é a soja, com US$ 20,5 milhões
Por:
Os negócios gerados com exportações de produtos tangaraenses atingiram US$ 24,5 milhões, entre janeiro a maio, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Alta de 24,30% em relação ao mesmo período do ano passado. Somente em maio, foram US$ 4,3 milhões, queda de 3,03% quando feito o comparativo.


O principal produto enviado é a soja, com US$ 20,5 milhões. Em seguida são os pedaços e miudezas comestíveis de galos e galinhas congelados, com US$ 1,2 milhão. Carnes de galos/galinhas aparecem em terceiro com US$ 988,5 mil. Algodão simplesmente debulhado, não cardado nem penteado é quarto item da relação, com US$ 956,3 mil. Milho em grão exceto para semeadura, madeiras brutas e outros grãos de soja também estão na lista de exportações.


Reino Unido é o principal destino dos itens. Os negócios com a referida localidade atingem US$ 5,8 milhões. China é o segundo destino, com US$ 5 milhões. Espanha, com US$ 3,8 milhões; França, com US$ 3,1 milhões e Países Baixos (Holanda), com US$ 2,1 milhões, também estão na relação composta, ao todo, por 21 destinos.


Importações
As empresas e indústrias de Tangará da Serra gastaram cerca de US$ 517,9 mil com compra de produtos importados. Insumos industriais, bens de capital e de consumo não duráveis são as principais aquisições.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink