Tarso recebe demandas da Federação dos Trabalhadores na Agricultura
CI
Agronegócio

Tarso recebe demandas da Federação dos Trabalhadores na Agricultura

Por:
O governador Tarso Genro, acompanhado dos secretários de Agricultura, Pecuária e Agronegócio, Luiz Fernando Mainardi, e do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, Ivar Pavan, recebeu, nesta segunda-feira (22), documento com demandas da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Rio Grande do Sul (Fetag). Os 55 itens apresentados ao governador, no Palácio Piratini, fazem parte do Grito da Terra Brasil Estadual, que ocorre no mês de maio. 

Segundo o governador, a proposta recebida será encaminhada à Assessoria Superior do Governo do Estado, que após análise da pauta distribuirá as responsabilidades para cada Secretaria de Estado correspondente e também para a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-RS). Tarso adiantou que "as avaliações preliminares do plano são positivas, o que confirma a construção de uma política agrícola consolidada no meio rural". 

O presidente da Fetag, Elton Roberto Weber, disse que as principais demandas estão relacionadas ao sistema Troca-Troca de Sementes, para que seja definido o formato sobre quais sementes estarão à disposição. "O encaminhamento dado pelo governador foi satisfatório e esperamos que neste ano tenhamos avanços superiores", disse Weber, ressaltando que até o lançamento do Plano Safra o grupo irá acompanhar os encaminhamentos e discutir todos os pontos com o Governo do Estado. 

O secretário Ivar Pavan disse que o Governo tem convicção de que as pautas apresentadas serão contempladas no Plano Safra 2013/2014, com exceção dos transgênicos, que será discutido no Conselho do Fundo Estadual de Apoio aos Pequenos Estabelecimentos Rurais (Feaper). O conselho irá aprovar ou rejeitar o tema dos transgênicos, pois cumpre um cronograma de envio de pedidos ao campo. O agricultor já deve fazer a solicitação para que até 15 de julho receba as sementes de milho a serem plantadas na próxima safra de verão. 

Os órgãos públicos envolvidos nas pautas apresentadas são as secretarias de Agricultura, Desenvolvimento Rural, Infraestrutura e Logística, Agricultura, Meio Ambiente, Casa Civil, Políticas para as Mulheres, Educação, Saúde, Justiça e Direitos Humanos, Trabalho e Desenvolvimento Social, além da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego/RS, Federação das Associações de Municípios do RS e Assembleia Legislativa.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.