Técnicos do SENAR/MS conhecem inovações tecnológicas na feira de horticultura em Holambra

Agronegócio

Técnicos do SENAR/MS conhecem inovações tecnológicas na feira de horticultura em Holambra

Ter a oportunidade de atualizar os conhecimentos sobre o que há de mais moderno no setor de horticultura nacional e buscar aperfeiçoamento.
Por:
450 acessos

Ter a oportunidade de atualizar os conhecimentos sobre o que há de mais moderno no setor de horticultura nacional e buscar aperfeiçoamento que possibilite atender o produtor rural com técnica e eficiência. Este foi o objetivo da equipe técnica do programa Hortifruti Legal, do SENAR/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural ao participar da 23ª edição da Hortitec – Exposição Técnica de Horticultura, Cultivo Protegido e Culturas Intensivas, entre os dias 22 e 24 de junho em Holambra (SP).

O grupo, formado por 19 profissionais que prestam assistência técnica e gerencial para 276 produtores rurais em 11 municípios de Mato Grosso do Sul, participou de palestras, dias de campo e visitas técnicas a propriedades que desenvolvem tecnologias de cultivos com eficiência comprovada.

Na avaliação do coordenador regional do Hortifruti Legal, Francisco Paredes, o encontro atendeu às expectativas do grupo ao expor produtos, técnicas e exemplos que podem ser viabilizados no estado. “Foi uma experiência positiva para nossa equipe que pôde acompanhar de perto sistemas produtivos como cultivo de mini vegetais, uma tendência em ascensão no mercado nacional em espécies como tomate e pepino. Outros destaques importantes foram as técnicas de irrigação utilizadas no cultivo de hortifrutigranjeiros e também na hidroponia”, pontua.


Trabalho conjunto – O coordenador de agronegócio do Sebrae/MS - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Mato Grosso do Sul, Marcus Rodrigo de Faria, acompanhou a equipe na 23ª Hortitec e reforçou a importância das tecnologias expostas na feira. “A viagem foi produtiva e colaborou para o fortalecimento de uma parceria existente há vários anos entre as duas instituições e que pode aumentar ainda mais. O evento considerado o maior do país reuniu informações fundamentais para atividade de hortifruticultura e que podem ser adaptados com relativa facilidade em nosso estado”, observa.

O técnico de campo do Hortifruti Legal, Dorly Scariot Pavei relata sua satisfação com o evento e a importância para o trabalho de assistência técnica. “O profissional que participa da Hortitec tem acesso a muita informação e tecnologia, por isso vou me programar para voltar em todas as edições. É uma oportunidade ímpar, principalmente para nós que atuamos na assistência técnica e gerencial”, considera.

Na avaliação de Pavei uma das tecnologias mais interessantes observadas no evento e que pode ser adaptada para Mato Grosso do Sul diz respeito ao cultivo de tomate. “Conhecemos desde sementes que têm maior resistência à doenças até métodos de plantio protegido e acredito que as informações serão muito bem-vindas entre os produtores que atendemos. Temos nesse produto um nicho no mercado, visto que mais de 80% do fruto consumido no Estado é importado de outras regiões, sendo que temos área, solo e água para produzir”, destaca o agrônomo.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink