Tegram vai auxiliar movimentação de grãos no Maranhão

Agronegócio

Tegram vai auxiliar movimentação de grãos no Maranhão

Por:
1 acessos

O governo do Estado do Maranhão e a Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP) lançaram nesta quinta-feira (25-11) Edital de Concorrência Pública do Terminal de Grãos do Maranhão (Tegram), projeto de arrendamento da área do Porto de Itaqui para construção, operação e manutenção.

Conforme informações governamentais, o projeto será viabilizado entre a parceria da iniciativa privada com a pública e demandará investimentos totais de, aproximadamente, US$ 137,6 milhões. A viabilização do Tegram permitirá capacidade de infra-estrutura de armazenamento e escoamento da produção de grãos, com destaque para a soja. Os principais produtores atendidos serão do Maranhão, Piauí, Tocantins, Mato Grosso e Sul do Pará.

Para o presidente da Emap, Fernando Fialho, a expectativa é de que o terminal de grãos esteja implantado em 2006, o que contribuirá para a exportação de parte da safra de 2005. "Esse é um projeto viável, pois nasce para atender a uma grande demanda existente para o escoamento de grãos e com outra vantagem da utilização da logística portuária de Itaqui, o que garantirá transporte rodoviário e ferroviário", ressaltou.

O Tegram contará com silos para armazenagem dos grãos, sistema de correia transportadora e carregador de navio com capacidade para movimentar 4 mil toneladas de produto por hora. "Existem muitos empresários interessados no projeto, que passarão agora a cumprir os procedimentos legais para o arrendamento da área portuária", completou.

A primeira etapa do projeto prevê movimentará até dois milhões de toneladas de grãos por ano e terá dois silos verticais com capacidade para armazenar 45 mil toneladas de grãos cada um, totalizando 90 mil toneladas. Na segunda fase, mais dois silos de 60 mil toneladas, totalizando a capacidade de 210 mil toneladas e movimentando até cinco milhões de toneladas por ano. Quando Tegram estiver completamente implantado, terá capacidade de movimentar 12 milhões de toneladas de grãos/ano, com a oferta de mais três silos de 60 mil toneladas, o que garantirá 390 mil toneladas de espaço para armazenagem.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink