Temporal mata gado e deixa parte de cidade sem energia

Agronegócio

Temporal mata gado e deixa parte de cidade sem energia

Cobertura de residências, barracão e mangueiro foram destruídas
Por:
2853 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.

Rajadas de vento de 52,2 km/h, conforme dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), provocaram estragos na zona rural de Amambai. Dois blecautes deixaram no escuro moradores do município e ao menos 26 cabeças de gado morreram em decorrência de descargas elétricas. 

Produtor rural, Jorge Berlitz estimou que prejuízos somente em sua propriedade superem R$ 80 mil. Em entrevista ao site A Gazeta News ele relatou que a força do vento levou a cobertura de residências, barracão e do mangueiro de manejo do gado, além de derrubar postes de energia.

Na região do Kurussuambá, próximo a rodovia MS-156, ao menos quatro postes de uma rede elétrica trifásica de uma pedreira caíram e energizaram arame da propriedade de Jorge. Com isso, morreram 26 cabeças de gado entre touros, vacas prenhas, bezerros e novilhas.

A assessoria de imprensa da Energisa, concessionária de energia elétrica, reúne dados sobre os danos para se posicionar. Já a meteorologia prevê tempo encoberto na região com pancadas de chuva. Os termômetros oscilam entre 18ºC e 32ºC.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink