Termina dia 7 prazo para entrega da declaração sobre febre aftosa em Marília (SP)

Agronegócio

Termina dia 7 prazo para entrega da declaração sobre febre aftosa em Marília (SP)

Até sexta-feira (30-11) 60% das declarações haviam sido entregues na defesa agropecuária de Marília
Por:
1947 acessos
Até sexta-feira (30-11) 60% das declarações haviam sido entregues na defesa agropecuária de Marília

Os pecuaristas da região de Marília terão até a próxima sexta-feira (7) para entregar a declaração de vacinação na campanha contra a febre aftosa. O prazo para vacinação do rebanho terminou sexta-feira (30/11). A segunda fase da campanha de vacinação contra a febre aftosa,visa a imunização do gado zebuíno e bubalino. Estimativa é que Marília tenha 720 produtores com um total de 80 mil cabeças de gado e 5.300 de búfalos.


Segundo o veterinário da EDA (Escritório de Defesa Agropecuária), Marcos Vallera do Prado, até sexta-feira (30/11) cerca de 60% das declarações haviam sido entregues. A primeira fase que aconteceu entre maio e junho com foco em animais com menos de dois anos teve 100% de cobertura. Cerca de 800 pecuaristas vacinaram em torno de 40 mil cabeças. “Apesar de 100% serem inéditos, todos os anos ficamos na média de 98%, por isso, esse é o mínimo que pretendemos atingir também para a segunda fase. Esse percentual reflete a conscientização dos pecuaristas em manter a segurança nos animais contra a febre aftosa”, diz.


A penalidade para quem descumprir é o pagamento de 5 Ufesp (R$ 92,20) por animal. Já a multa para quem não fizer a declaração de vacinação é de 3 Ufesp (R$ 55,32) por animal. Para garantir a adesão, o escritório da Defesa Agropecuária promove fiscalização em lojas, trânsito, rodovias e eventos na área agropecuária. Mas, de qualquer forma, caso seja registrada a falta de vacinação, o pecuarista terá um prazo para apresentar justificativa. O veterinário acrescenta que o último caso da doença na região aconteceu em 1996. Em Marília, última ocorrência de febre aftosa foi em 1993. Já o estado de São Paulo completa dez anos sem registrar caso de aftosa.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink