Termina o vazio sanitário no Tocantins
CI
Agronegócio

Termina o vazio sanitário no Tocantins

Produtor que cultivou soja nas várzeas tropicais, teve até o último dia 10 de outubro para realizar toda a colheita
Por: -Janice
Com a chegada das chuvas e o início da safra, o produtor que cultivou soja nas várzeas tropicais, no período do Vazio Sanitário teve até o último dia 10 de outubro para realizar toda a colheita. Nesta entressafra a área plantada, que foi de mais de 28 mil hectares, resultou em 84.237 toneladas de grãos.

A data que limita a colheita da oleaginosa, evita que possíveis focos da praga desenvolvidos durante a entressafra passem para a safra que se inicia. Esta medida, que regulamenta o plantio e a colheita do grão no período do vazio sanitário, prevê multa, interdição da propriedade, destruição do plantio, entre outras punições, para o sojiculticor que descumprir a Lei.

O presidente da Adapec – Agência de Defesa Agropecuária - José Luciano Azevedo, explica que as medidas não visam punir o produtor e sim resguardar a sanidade vegetal do Estado. “Para que o Tocantins continue crescendo, exportando e sendo um dos maiores produtores de grãos e sementes da região Norte do país é preciso que continuemos a manter a Ferrugem Asiática sob controle”, esclarece Azevedo, acrescentando que, para que isso aconteça às fiscalizações têm sido constantes.

De acordo com o diretor de Defesa Vegetal da Adapec, Luís Henrique Michelin, nesta entressafra não foi notificado nenhum foco de ferrugem nas lavouras. “Durante o vazio sanitário monitoramos 100% da área plantada. Isto, aliado a outras medidas preventivas, impediu o aparecimento da praga”, ressalta.

Dados
Em 2009, no Tocantins foram colhidas 80.682 toneladas de soja, em 26.894,40 hectares plantados.

Entenda

Vazio Sanitário da Soja é o período de entressafra, que vai do dia 1º de julho a 30 de setembro, que fica proibido em todo o País o cultivo da soja, com exceção de áreas especificas onde foi comprovada cientificamente que o risco de proliferação da Ferrugem Asiática é menor.

No Tocantins, essa área compreende as regiões de várzeas tropicais (de Formoso do Araguaia, Dueré, Pium, Cristalândia, Santa Rita e Lagoa da Confusão), devido às condições climáticas e territoriais encontradas nessas regiões.

Ferrugem
 
A praga é caracterizada, por pontos escuros nas folhagens (de cor entre o verde e o cinza esverdeado) e pela desfolha precoce da planta, impedindo que os grãos se formem completamente. O fungo de nome Phakopsora pachyrhizi se espalha com vento, por isso a melhor forma de combatê-lo é a fiscalização constante nas plantações.

As informações são da assessoria de imprensa da Adapec – Agência de Defesa Agropecuária.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink