Touro da Agropecuária Progresso do Tarumã vence Teste de Eficiência Alimentar
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,200 (0,72%)
| Dólar (compra) R$ 5,63 (0,59%)

Imagem: Divulgação

PECÚARIA

Touro da Agropecuária Progresso do Tarumã vence Teste de Eficiência Alimentar

O anúncio foi feito na noite desta terça-feira (29/9) em Dia de Campo Virtual que mobilizou criatórios de Angus
Por:
117 acessos

O touro Agronemitz TE667, da Agropecuária Progresso do Tarumã, de São Francisco de Assis (RS), do criador Marcio Sudati, consagrou-se campeão da Prova de Eficiência Alimentar 2020 (PEA), realizada pela Associação Brasileira de Angus e Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). O anúncio foi feito na noite desta terça-feira (29/9) em Dia de Campo Virtual que mobilizou criatórios de Angus. Ao longo de 70 dias, foi avaliado o desempenho de 18 reprodutores de 11 propriedades, determinando, por meio da correlação do Consumo Alimentar Residual (CAR) e do Ganho e Peso Residual (GPR), os animais com maior eficiência. “Essa prova é importantíssima porque significa retorno financeiro, viabilidade da pecuária e cuidado com meio ambiente, que é uma preocupação muito forte na Associação Brasileira de Angus. Não é no cocho que a gente resolve todos os problemas de um animal. É na genética”, destacou o presidente da Angus, Nivaldo Dzyekanski.

O reprodutor campeão ingressou nas instalações da Embrapa Pecuária Sul, em Bagé (RS), em junho com 594 kg e concluiu a prova em setembro com 770 kg, alcançando Consumo e Ganho de Peso Residual (CGPR) - índice geral do CAR - de 1.294. O touro teve consumo residual de -3.320 kg de ração e ganho de peso residual de 0.109 kg. Sudati comemorou a conquista e afirmou que o resultado mostra que a propriedade está no caminho certo do melhoramento genético. “Todo nosso gado é avaliado no Promebo e no Natura. Esse touro reflete bem o gado Angus que a pecuária nacional necessita, que tenha um ótimo desempenho produzindo a pasto e com qualidade de carne”, frisou. O vencedor da prova irá à venda no 7° Leilão Integração, na sexta-feira (2/10),  que será transmitido pelo Canal Rural e Lance Rural (www.lancerural.com.br).

Em segundo lugar no ranking de eficiência ficou o touro Rincon 3607 Saikan Del Sarandy, da Cabanha Rincon Del Sarandy, de Uruguaiana (RS), do criador Ignacio Tellechea. O terceiro lugar foi conquistado pelo reprodutor Santo Antão D Cooper South Dakota 1264, da Fazenda Santo Antão, de Alegrete (RS), de Flávio Alves e Ana Luiza Alves. Em quarto, destacou-se o exemplar Reconquista TE3025 Zeloso Hornero, da Reconquista Agropecuária, também de Alegrete (RS), do criador José Paulo Dornelles Cairoli.

Para o médico veterinário e gerente de Fomento da Angus, Mateus Pivato, a prova é a consolidação de um trabalho sério e da preocupação da Associação Brasileira de Angus em trilhar um caminho de inovação e avanços genéticos. O coordenador da Prova de Eficiência Alimentar (PEA) e analista da Embrapa Pecuária Sul, Roberto Collares, completou que o resultado obtido reflete o trabalho de toda uma equipe que concede grande infraestrutura à Embrapa para a realização de provas desse tipo. “Agradecemos a essa parceria, mas em especial aos criadores, porque temos aqui 18 vencedores que estão dando enorme contribuição para identificar características importantes para o melhoramento genético da raça”. E completou: “O mundo busca eficiência”.

A prova analisou, além do Consumo Alimentar Residual (CAR), Ganho de Peso Residual (GPR) e Consumo e Ganho de Peso Residual (CGPR), características como Ganho de Peso (GMD), Área de Olho de Lombo (AOL), Espessura de Gordura Subcutânea na Picanha (EGP), Espessura de Gordura Subcutânea de Costela (EGS), Percentagem de Gordura Intramuscular (GIM) e Perímetro Escrotal. Também participaram da disputa exemplares da Cia Azul Agropecuária e GAP Genética, ambas de Uruguaiana (RS); LS Guarita, de Alegrete (RS), Fazenda da Barragem, de Dom Pedrito (RS), Fazenda Sinuelo, de Aceguá (RS), Tólio’s Farm, de Formigueiro (RS), e Cabanha Santa Nélia, de Jaguarão (RS).

Durante o Dia de Campo Virtual também foram realizadas palestras técnicas sobre nutrição animal e melhoramento genético, ministradas pelos pesquisadores da Embrapa Pecuária Sul Renata Suñé e Marcos Yokoo. Renata apresentou detalhes da dieta que conduziu os 18 touros da prova a ganhos consistentes de peso. Marcos Yokoo apresentou os dados que compõem o cálculo que determina os animais de elite em uma verdadeira aula para criadores de todas as regiões. 
 

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink