Transgênicos: MST no RS não admite perdas


Agronegócio

Transgênicos: MST no RS não admite perdas

Por:
1 acessos

A situação da soja transgênica do Rio Grande do Sul foi criticada ontem por um dos dirigentes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), Paulo da Rosa. 'Quem plantou sem saber que as sementes eram geneticamente modificadas não deve perder nada', disse, referindo-se à produção dos assentamentos gaúchos. Tradicionalmente contrário ao cultivo desses alimentos, o MST pretende avaliar a situação nos próximos dias. Rosa, no entanto, não fala em advertências aos ex-sem-terra que optaram pelo plantio de transgênicos.

Em Santa Catarina, o MST vai aguardar a decisão do governo federal sobre o destino do produto, antes de orientar seus assentados.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink