Transgênicos serão necessários, diz especialista
CI
Imagem: Pixabay
GENÉTICA

Transgênicos serão necessários, diz especialista

Díaz lamenta a falta de informação sobre uma técnica, o melhoramento genético, que "tem 10.000 anos"
Por: -Leonardo Gottems

O uso de transgênicos na engenharia agronômica será "necessário" para garantir a alimentação de uma crescente população mundial e obter variedades de sementes resistentes  às mudanças climáticas, segundo a presidente da Associação Nacional de Engenheira Agrônoma (ANIA) e porta-voz do Instituto Espanhol de Engenharia (IIE), María Cruz Díaz. Em entrevista ao Efeagro, ele reflete sobre os avanços da engenharia genética no mundo, sobre o conservadorismo da União Européia quanto ao uso de transgênicos aplicados ao setor agrícola e como essa política prejudica a imagem que a sociedade tem dessas técnicas. 

Díaz deixa claro que o grande público tem uma conotação negativa criada em tudo o que se relaciona ao  melhoramento genético neste setor. Há consumidores que afirmam "não comer nada que tenha genes" quando "tudo o que comemos tem genes", embora se transformem em proteínas e elementos como o ferro ou o potássio. 

Díaz lamenta a falta de informação sobre uma técnica, o melhoramento genético, que "tem 10.000 anos", apenas a partir do momento em que o homem começou a selecionar algumas culturas ou variedades em detrimento de outras para obter melhores resultados. Agora, faz-se ainda "menos melhoramento genético" do que quando ocorreram as "grandes mudanças" que o  homem desenvolveu na antiguidade, explica. 

Certamente, o desenvolvimento do conhecimento em biologia tem permitido acelerar os avanços que em outros tempos demorariam muito mais tempo e por isso agora é possível "cortar um gene" selecionado após seu estudo, fornecendo certas características a um cortar e "costurá-lo" no genoma de outro para adquirir essas propriedades, explica ele. Com isso, abre-se um “mundo infinito inteiro” de possibilidades para obter, por exemplo, safras mais resistentes  a pragas ou mudanças climáticas  e garantir uma produção mais sustentável de alimentos, em quantidade e qualidade adequadas a uma população mundial em crescimento. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.