Tratamento de sementes contribuiu à produtividade da soja Bt na região Sul do Brasil

Agronegócio

Tratamento de sementes contribuiu à produtividade da soja Bt na região Sul do Brasil

Esses dados foram compilados a partir de centenas de campos demonstrativos realizados na safra 2015-16, pela equipe técnica da DuPont do Brasil
Por:
614 acessos

Sementes de soja Bt tratadas com o inseticida DuPont Dermacor®, na dose de 100 ml por 100 kg de semente, elevaram a produtividade de lavouras da região Sul do Brasil em até duas sacas a mais por hectare. Pelo método, foram colhidas em média 65 sacas por hectare, ante 63 sacas/ha do tratamento padrão seguido por produtores. Esses dados foram compilados a partir de centenas de campos demonstrativos realizados na safra 2015-16, pela equipe técnica da DuPont do Brasil, nos Estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.
 
De acordo com o engenheiro agrônomo Érico Cardoso, gerente de marketing de Tratamento de Sementes da DuPont, agricultores dessas regiões que testaram Dermacor® conseguiram resultados superiores no controle das pragas de solo e foliares iniciais.
 
“Os estudos mostraram, em resumo, que a complementação entre as tecnologias Bt e o inseticida Dermacor® fortalece a proteção inicial da cultura, além de contribuir para aumento da produtividade da lavoura e a rentabilidade do produtor”, ressalta Érico Cardoso.
 
Antonio Zanette Neto, sojicultor de Campo Belo do Sul (SC), foi um dos produtores do Sul que obtiveram sucesso com a aplicação de Dermacor® na safra passada. “O produto foi muito bom na região. A soja Bt teve uma excelente emergência em termos de vigor e estande”, salienta o produtor.
 
“Você pode tratar a semente antes e deixá-la armazenada por um bom tempo, sem perder o vigor na germinação e o espectro de controle de pragas na fase inicial da soja”, acrescenta Vinícius Pavoski, sojicultor em Guarapuava (PR).
 
Para o consultor Lucas Bochnia, da empresa LB Consultoria, de Ponta Grossa (PR), Dermacor® se mostrou superior às tecnologias tradicionais que vêm sendo usadas para o tratamento de sementes, principalmente no controle da Helicoverpa armigera e da Lagarta-elasmo.
 
“Dermacor® também é mais eficiente no controle da Spodoptera frugiperda na soja Bt, pois mantém a cultura protegida por até 28 dias após a emergência”, complementa David Tassara, gerente de marketing de Tratamento de Sementes da DuPont para a América Latina.
 
Dermacor® foi o primeiro produto lançado no Brasil, para tratamento de sementes, pertencente à classe das Diamidas Antranílicas. Segundo a DuPont, trata-se de uma tecnologia revolucionária para o controle de pragas de solo e foliares. O inseticida, ainda de acordo com a empresa, proporciona efeito residual prolongado e alta seletividade a inimigos naturais das pragas.
 
Mais informações sobre Dermacor® na soja Bt estão disponíveis no link http://www.dupont.com.br/produtos-e-servicos/protecao-cultivos/cultura-da-soja/produtos/dermacor-inseticida.html


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink