Soja

Tratamento de sementes e plantibilidade da soja: dicas para a lavoura perfeita

Entenda como funciona o tratamento industrial de sementes e confira dicas para otimizar o plantio e melhorar a plantibilidade da soja
Por:
1316 acessos

O tratamento de sementes é muito importante porque quanto mais protegida for a semente, melhor ela vai germinar e expressar o seu potencial produtivo. O tratamento de sementes mira esse propósito, por oferecer uma higienização e um “banho” de defensivos que livra a semente de patógenos no estágio inicial da planta. A inoculação de bactérias é outra técnica consagrada, que ajuda a planta a fixar nitrogênio.

Entenda como funciona o tratamento industrial de sementes e confira dicas para otimizar o plantio e melhorar a plantabilidade da soja.

1 – Polímeros e pós-secante

Além de proteger a semente com defensivos, outro benefício do tratamento industrial é a plantabilidade. Segundo Pedro Lara, consultor da Basf, a semente recebe polímeros e pós-secantes, produtos que vão ajudar na viabilidade desse tratamento ao longo do tempo e também vai melhorar a plantabilidade e a fluidez dessa semente durante a semeadura.

2 – Melhor distribuição da semente

A semente que é tratada na fazenda, que só vai receber o defensivo, tem uma aderência maior com a plantadeira, o que pode dificultar o plantio. Isso não ocorre com a semente tratada industrialmente. “Quando a semente recebe pós-secante e polímero, a chance de ter planta falha ou dupla é muito menor, porque a fluidez vai ser praticamente perfeita, a semente vai deslizar no sistema de plantio”, diz Lara.

3 – Estande completo

O tratamento de sementes também influencia muito na produtividade. “Quando o produtor tem um estande de qualidade e mais completo, sem falhas, nem duplas, a chance da planta desempenhar o potencial genético é muito maior”, afirma o consultor.

4 – Sem grafite

O grafite foi criado para lubrificar a máquina e não a semente, explica Lara. Atualmente, o agricultor coloca o produto na caixa de plantio e acaba aumentando a fluidez da semente e do sistema. O grafite está sendo usado para melhorar o plantio, porém, essa finalidade não é recomendada. “O grafite não foi criado pra isso, mas foi adaptado. Ele foi criado para lubrificar a máquina”, diz o consultor. De acordo com o especialista, somente a aplicação de polímero e pós-secante durante o tratamento industrial garante a fluidez da semente de forma adequada.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink