Trigo: segue comércio entre SC e RS
CI
Imagem: Marcel Oliveira
CEREAIS

Trigo: segue comércio entre SC e RS

Primeiro embarque de trigo paranaense para o Nordeste será nesta quinta-feira
Por: -Leonardo Gottems

A relação de compra e venda de trigo segue entre os estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, segundo o que informou a TF Agroeconômica. No RS, além disso, foram registrados compradores ausentes e vendedores baixando pedidas para a faixa entre R$ 1.290,00/R$ 1.300,00.

“A queda do dólar, que barateia o trigo importado, a proximidade do pagamento das contas do trigo, a própria virada do gráfico de alta para baixo, que assusta alguns vendedores, tudo  isto inverteu a tendência do mercado de trigo, com os vendedores tomando a iniciativa das vendas e com os compradores retraídos. Nesta  quarta-feira os compradores se retiraram totalmente do mercado e houve vendedores oferecendo a preços entre R$ 1.290,00 e R$ 1.300,00/t, mas sem negócios reportado”, comenta.

Como já mencionado, os moinhos catarinenses continuam comprando no RS. “Moinho  catarinense voltando a se queixar que os preços das farinhas não batem com os preços do trigo nesta safra, mesmo com a queda ocorrida nos últimos 7 dias úteis. Os moinhos de cooperativa não tem mais lugar para armazenar produto. Assim mesmo, precisam completar a sua necessidade com compras em outros estados, porque SC só produz metade do que consome”, completa.

Além disso, o primeiro embarque de trigo paranaense para o Nordeste será nesta quinta-feira; mais negócios no Oeste. “Com relação ao mercado desta quarta-feira, houve vários negócios a preços de R$ 1.340 FOB e R$ 1.360,00 CIF no Oeste do Paraná. No  restante  do  estado  os  preços  continuam  inalterados  ao  redor  de  R$ 1.350,00 CIF, com pedidas dos vendedores de R$ 1.400,00 FOB. Nos Campos Gerais esta indicação ficou entre  R$ 1350 -1385 CIF. Mas não foram vistos negócios nesses níveis. Vendedor ainda pede R$ 1400 FOB, ou acima”, conclui.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink