Trigo de sequeiro é uma boa opção em Mato Grosso

Agronegócio

Trigo de sequeiro é uma boa opção em Mato Grosso

Por:
6 acessos

Após mais de 25 anos de acertos e tropeços com a cultura do trigo, Mato Grosso tem hoje a possibilidade de vir a se consolidar como tradicional produtor deste cereal, conforme comprova o resultado de campo obtido pela Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural – Empaer, através de unidade de ajuste tecnológico desenvolvida no Estado com produtividade ao redor de 40 sacas por hectare (trigo de sequeiro). O trabalho foi executado na fazenda Bom Sucesso, de propriedade do produtor rural Moacir Piotto, no km 7 da BR-364, no distrito de Selma, no município de Jaciara.

O plantio foi realizado no dia 18/03/2004. A cultivar usada foi a BR 18 e a altitude do local é de 740 m em uma área de 1,32 ha. Os dados técnicos e econômicos da unidade apresentaram como vantagem comparativa a época de colheita do trigo (17/07/2004), justamente na entressafra do trigo nacional. O trigo alcançou o preço de R$ 37,50 a saca, quando atualmente no Paraná está sendo cotado entre R$ 18,00 e R$ 20,00 a saca.

A qualidade industrial do trigo obtido foi classificada como trigo pão, o que representa mais de 50% do consumo de farinha de trigo em nível nacional.

Ampliação do trabalho:

Em função dos bons resultados obtidos na unidade em Jaciara, para a próxima safra o trabalho da Empaer sobre trigo de sequeiro será ampliado para os municípios de Alto Taquari, Itiquira, Chapada de Guimarães e Jaciara e também em três unidades de trigo irrigado em Primavera do Leste, Torixoréu e Jaciara, com o apoio financeiro da Fundação de Pesquisa de Mato Grosso – Fapemat.

Segundo o engenheiro agrônomo Hortêncio Paro, coordenador do trabalho com o trigo de sequeiro, sempre que o trigo estiver valendo mais que 2,5 sacas de milho na safrinha, este cereal terá condições de viabilidade econômica comparativa, o que possibilitará o seu cultivo em áreas acima de 700 metros para o cereal de sequeiro em áreas com latitude abaixo de 15° em direção ao sul do Estado.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink