Trigo ganha mercado cervejeiro
CI
Imagem: Marcel Oliveira
OPORTUNIDADE

Trigo ganha mercado cervejeiro

Mercado novo pode ser explorado e que já está ganhando destaque
Por: -Eliza Maliszewski

O trigo é um dos cereais mais antigos do mundo, cultivado há mais de oito mil anos. É usado para fazer farinha e resulta em muitos alimentos como pães, massas, biscoitos e até alimentação animal. Mas há um mercado novo a ser explorado e que já está ganhando destaque: o cervejeiro.

As chamadas Weissbiers são as cervejas normalmente elaboradas com malte de trigo e malte de cevada. Pelo mundo a história das cervejas de trigo começou na Alemanha lá na Baviera, no século XV. Weiss em alemão significa branco e bier significa cerveja, sendo que na maioria das vezes as cervejas de trigo não são filtradas e as leveduras permanecem na garrafa após seu trabalho.

Alexandre Vaz, mestre cervejeiro da Ashby, empresa voltada para cervejas especiais, explica que no Brasil as cervejas de trigo se tornaram populares nos anos 90, com o mercado de cervejas especiais

Geralmente as cervejas de trigo possui teor alcoólico entre 5% e 7%, e, para ser considerada uma cerveja especial de trigo no Brasil, ela precisa ter no mínimo 50% de malte de trigo e o restante de malte de cevada, e até mesmo as Witbiers e Belgian ales também levam trigo em sua composição, além de outros cereais como a aveia e o centeio. . "A Weiss é ideal para quem gosta de sabores mais adocicados, pois é uma cerveja de trigo forte ou , com amargor bem suave, além de notas de cravo e banana", diz o mestre cervejeiro.

Nesta safra o Brasil deve plantar 2,3 milhões de hectares de trigo e colher 6,8 milhões de toneladas, segundo a Conab. 
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink