Trigo internacional: preços recuam em quase todo o mundo
CI
Imagem: Pixabay
MERCADO

Trigo internacional: preços recuam em quase todo o mundo

No mercado de águas rasas do Mar Negro, os vendedores reduziram as melhores ofertas
Por: -Leonardo Gottems

De acordo com informações divulgadas pela TF Agroeconômica, os preços internacionais do trigo recuaram em quase todo o mundo no encerramento da semana passada. “No mercado à vista, a OAIC da Argélia comprou cerca de 600.000 t de origem opcional de janeiro de 11% de trigo por cerca de US$ 275/t CFR, com o mercado esperando que o volume seja originado da UE”, comenta. 

“Na Austrália, a pressão da colheita moveu ofertas de trigo ligeiramente mais baixas, com os vendedores para janeiro carregando APW a US$ 263/t FOB Austrália Ocidental. Um negócio de APW para carregamento de janeiro foi ouvido concluído esta semana em US$ 270-US $ 272 /t CFR Indonésia. As ofertas para o envio de janeiro a fevereiro ASW para o Vietnã foram de cerca de US $ 275/t CFR com APW a $280/t CFR. Na Rússia, as ofertas de 12,5% para o carregamento de dezembro foram ligeiramente menores em US $ 254/t FOB NTT com compradores abaixo de US $ 250 /t. Na Ucrânia, os vendedores ofereceram novembro carregando 11,5% abaixo de US$ 252-US$ 253/t FOB HIPP com lances abaixo de US$ 250/t”, informa. 

No mercado de águas rasas do Mar Negro, os vendedores reduziram as melhores ofertas para novembro-primeira metade de dezembro carregando russos em 12,5% por US$ 2/t para US$ 264 /t CIF Marmara por falta de demanda. “Na França, os prêmios caíram sobre a demanda lenta, com ofertas para dezembro carregando 11,5% a um prêmio de €8-€9/t FOB Rouen para futuros de dezembro ($257,50-$258,50/t)”, completa. 

“As exportações semanais dos EUA subiram 11%, para 354.900 t, o que trouxe cargas totais desde o início do ano de comercialização 2020/21, subindo 1% em relação ao ano anterior, para 11,3 milhões de t. E as exportações semanais canadenses cresceram 19%, para 477 mil t, com carregamentos desde o início do ano de comercialização 2020/21 em 5,7 milhões de t – um aumento de 24% em relação ao ano anterior”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink