Trigo segue lento ou travado no RS
CI
Imagem: Marcel Oliveira
MERCADO

Trigo segue lento ou travado no RS

No RS os compradores sobem a oferta
Por: -Leonardo Gottems

De acordo com a TF Agroeconômica, o mercado de milho do Rio Grande do Sul  continua respirando com dificuldades sem negócios de trigos a serem reportados. Mesmo com compradores subindo a oferta em R$10,00/t e chegando a R$1430,00 o vendedor permanece ausente não pedindo menos de R$1450,00 FOB. 

“Pode-se observar que de tempos em tempos os preços sofrem variações, até que consideráveis, mas sempre que o comprador oferece mais, o trigo sobe junto deixando a diferença entre as duas ideias constantemente em torno de R$20,00/t. Ademais, ambos os agentes (vendedores e compradores), demonstram uma postura bastante conservadora e sem anseios para movimentar os negócios”, comenta. 

Nesse cenário, o mercado caminha lento, mas firme, no estado de Santa Catarina. “Com a redução nas vendas de farinhas, devido à baixa demanda de subprodutos no litoral, ao contrário dos anos anteriores, os moinhos reduziram também a moagem e alongáramos estoques. Os moinhos estão beliscando o mercado, comprando lotes de ocasião, enquanto houver cerealistas que precisem limpar os armazéns”, indica. 

No Paraná, uma venda equivaleu a US$ 295,00. “Para o Paraná os valores permanecem constantes, com trigo sendo pedido à R$1550,00 para entrega em fevereiro e pagamento em março no posto de Ponta Grossa. Já para entrega e pagamento em março, o valor permanece em R$1600,00. Foram feitos alguns negócios de trigo paraguaio nos últimos dias, o que prova o acerto da nossa tabela. Posto de Curitiba, comprador alimenta ideias de R$1600,00 FOB para retirada e pagamento em março e R$1550,00 para retirada e pagamento em março”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink