Trigo tem mercado parado no Sul do Brasil
CI
Imagem: Pixabay
CEREAL

Trigo tem mercado parado no Sul do Brasil 

No Paraná, os compradores têm preço, mas os vendedores não aceitam
Por: -Leonardo Gottems

De acordo com a TF Agroeconômica, o mercado de trigo esteve parado nas praças da Região Sul do Brasil. No Rio Grande do Sul, por exemplo, nenhum negócio foi reportado, com os preços de moinho até olharia por R$ 1.250,00 para janeiro, mas vendedor, por agora, não quer nestes preços. 

“Preços de trigo branqueador entre R$ 1.450,00 e R$ 1.470,00 CIF moinhos, entrega até janeiro e pagamento em janeiro. Maior movimentação é entrega de contratos anteriores. Alguns destes contratos foram feitos acima de R$ 1.400,00/t, elevando o custo médio dos moinhos, não permitindo baixa nos preços das farinhas”, comenta. 

Em Santa Catarina, o mercado está esperando o mês de janeiro chegar. “O mercado catarinense de trigo continua calmo. Moinhos abastecidos para os próximos 30/60 dias e se preparando para a parada de final de ano. Preços inalterados, mas elevados, porque os moinhos locais precisam se abastecer ou no Rio Grande do Sul ou no Paraná e qualquer lote inclui frete de distâncias maiores.  E porque os preços pagos aos agricultores locais também são elevados”, completa. 

No Paraná, os compradores têm preço, mas os vendedores não aceitam. “Ideia de comprador continua a R$ 1.300,00 trigo posto Ponta Grossa, entrega e pagamento em janeiro/fevereiro de 2021. Comprador posto Curitiba com ideia de R$ 1.320,00 CIF, pagamento semanal ou R$ 1.350,00, pagamento em janeiro de 2021. Vendedor firme nos R$ 1.400,00 FOB pra janeiro/fevereiro. Mercado bem travado há mais de duas semanas.  Na região Oeste, Sudoeste e norte do estado negócios reportados de R$ 1.300/t. no FOB. O trigo paraguaio ficou bem competitivo, como mostra a tabela acima. Por seu lado os vendedores que não tem urgência em vender continuam pedindo entre R$ 1.380,00 a R$1.400,00 FOB interior e os compradores querendo estes preços CIF moinhos”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink