Trump quer cortar seguro rural em 33%

POLÊMICA

Trump quer cortar seguro rural em 33%

Cinco semanas após ter garantido que apoiaria subsídios
Por: -Leonardo Gottems
3409 acessos

Cinco semanas após ter garantido que apoiaria “um projeto de lei que assegurasse o Seguro Rural”, o presidente norte-americano, Donald Trump, pediu ao Congresso que reduzisse em um terço o programa, que é subsidiado com dinheiro público. Ele propôs um corte de US$ 26 bilhões no pacote orçamentário para o ano fiscal de 2019.

O orçamento de Trump corta subsídios e benefícios a produtores rurais com renda bruta ajustada superior a US$ 500 mil. A proposta do republicano acaba, também, com o primeiro “programa de pagamento verde” do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), que previa incentivos financeiros para o estímulo de práticas sustentáveis na agropecuária.

A Coalizão Nacional de Agricultura Sustentável (NSAC, na sigla em inglês), que representa os pequenos agricultores nos EUA, definiu o pacote como “a proposta mais ‘anti-rural’ e ‘anti-agricultura’ que a comunidade agrícola já viu em anos”. A proposta de orçamento de Trump reduziria ainda o financiamento para a pesquisa agrícola e para o desenvolvimento econômico rural. 

Em uma declaração conjunta, os presidentes republicanos dos comitês agrícolas do Senado e da Câmara garantiram estar “empenhados em manter uma rede de segurança forte para os produtores agrícolas durante esses tempos de preços baixos e mercados incertos, bem como continuar a melhorar os programas de nutrição” para os norte-americanos. A proposta da Casa Branca, disseram o senador Pat Roberts e o deputado Michael Conaway, “não nos impedirá de fazer esse trabalho”.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink