Tudo pronto para maior remate bovino

Agronegócio

Tudo pronto para maior remate bovino

Empresa espera comercializar, no mínimo, 10.011 animais
Por:
1057 acessos
Grandes eventos agropecuários acontecem em Mato Grosso pelo fato do Estado ser o maior produtor de grãos do país e também ter o maior rebanho comercial bovino, com mais de 28 milhões de cabeças. Um deles será realizado no sábado (16). Trata-se do tradicional Mega Leilão da Estância Bahia, em Água Boa (730 km a Leste de Cuiabá), conhecido como o maior leilão da pecuária mundial. A 11º edição começa ao meio dia, com transmissão pelo Canal Terra Viva.


Este ano, a empresa firmou compromisso de comercializar, no mínimo, 10.011 animais, porém, o evento costuma superar seus próprios recordes. "Contabilizando o número de inscrições, nossa expectativa é vender mais de 35 mil animais para cria, recria e terminação da melhor qualidade genética", avalia Maurício Tonhá, proprietário da Estância Bahia, que diz ainda que os bons números são reflexos do sucesso da pecuária mato-grossense. Nos últimos 12 anos, Mato Grosso aumentou o rebanho em 18% e as exportações de carne bovina cresceram 970%.

O pecuarista Antônio Medeiros, que segundo estimativa dos técnicos da Estância Bahia terá o maior número de animais à venda, 5000 mil cabeças, está otimista. "Dessas 11 edições só não participei da primeira porque tinha acabado de adquirir minha propriedade. Mas, sempre acreditei no potencial de comercialização e organização deste evento que, sem dúvida, é o maior do país". Ele é proprietário da fazenda Rio Bonito, localizada nas proximidades de Água Boa.


Outro que acredita no sucesso do Mega Leilão é o pecuarista Guilherme Pinezzi, proprietário da Agropecuária Agroeste, com fazendas de gado nos municípios de Bom Jesus do Araguaia e Serra Nova Dourada. Ele diz que não dá para fazer previsões de lucros, mas as expectativas são as melhores possíveis. "Este evento consegue reunir os melhores criadores do gado do país e compradores exigentes, por isso se tornou tão grande. Com certeza, os preços este ano serão bons". Guilherme Pinezzi vai comercializar um pouco mais de 3000 mil animais.

A Estância Bahia conta com ampla equipe de colaboradores e uma estrutura com capacidade para recepcionar mais de 2.500 pessoas. Cerca de 200 empregos diretos são gerados ao longo do ano e 1.000 vagas temporárias são abertas nos 30 dias que antecedem o evento. Envolve ainda a movimentação de recursos superiores a ordem de R$ 40 milhões, favorecendo principalmente o setor de prestação de serviços. Para alimentar essa boiada, são necessárias mais de oito mil toneladas de silagem e ração. Incluindo transporte, manejo e trato, os custos giram em torno de R$ 2.7 milhões.


Mais Informações e cadastro de lances: (65) 2121-6700/(66) 3468-6600 ou www.estanciabahia.com.br

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink