Agronegócio

UPF traz turma da Veterinária para visitar a Cotrijal

Visita ocorreu nesta quinta-feira (02.06)
Por:
1531 acessos

Um grupo de estudantes do 5º semestre da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade de Passo Fundo (UPF) esteve na Cotrijal nesta quinta-feira (2). Acompanhados do professor da disciplina de Bovinocultura de Leite, Carlos Bondan, eles conheceram a forma de trabalho da cooperativa na área de produção leiteira, através de palestra do gerente de Produção Animal, Renne Granato, e depois visitaram duas propriedades assistidas pela Cotrijal.

Segundo Bondan, a Cotrijal e a Universidade de Passo Fundo há muitos anos mantêm parcerias em várias áreas e a cooperativa foi uma das primeiras a investir no controle leiteiro, uma ferramenta muito importante oferecida pelo Serviço de Análise de Rebanhos Leiteiros (Sarle). “O controle leiteiro é essencial para quem quer conhecer cada vaca do seu rebanho e saber exatamente o que ela pode lhe render. É por esse pioneirismo e outras ações que a cooperativa vêm desenvolvendo que os seus produtores têm obtido bons resultados”, elogiou.

Para o professor, a assistência técnica qualificada é outro dos diferencias das cooperativas. “A visita foi importante para os alunos terem uma visão gerencial da atividade leiteira na Cotrijal e também ver de que forma a cooperativa assiste o seu produtor”, explicou.

Hoje a Cotrijal mantém equipe de 12 médicos veterinários e 1 técnico agrícola que trabalham o fomento da atividade. Outros dois médicos veterinários atuam nos atendimentos clínicos. São 300 produtores assistidos, em 15 municípios. “Através das visitas, a gente tem uma ideia dos assuntos que estão sendo trabalhados em sala de aula. Já o aluno tem a oportunidade de relacionar a teoria com a prática, se atualizar com relação a novas formas de produzir leite e ficar atento a cadeia de negócios”, afirma Renne Granato.

Pela Cotrijal, também acompanharam as visitas o técnico agrícola Vilson Weber e o médico veterinário Kleiton Kissmann.

VISITA ÀS PROPRIEDADES – Em Não-Me-Toque, o grupo visitou a propriedade da família Van Riel, para observar a importância do investimento em genética e nutrição de qualidade. Em Victor Graeff, esteve na propriedade da família Hoffstaedter, que tem como diferencial o investimento em sistema de produção confinado, com compost barn. “É importante ver na prática o que aprendemos na teoria”, afirmaram os estudantes.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink