Uruguai estuda permitir a importação transitória de frangos do Brasil

Agronegócio

Uruguai estuda permitir a importação transitória de frangos do Brasil

O governo uruguaio pretende autorizar a importação, de forma transitória, de frangos do Brasil, para enfrentar "tendências especulativas" do setor
Por:
103 acessos

O governo uruguaio pretende autorizar a importação, de forma transitória, de frangos do Brasil, para enfrentar "tendências especulativas" do setor, afirmou o ministro de Gado, Agricultura e Pesca, José Mujica. "O governo se prepara para autorizar algumas importações de frango do Brasil, particularmente do estado de Santa Catarina, que tem um status sanitário muito reconhecido do ponto de vista internacional", disse Mujica à imprensa. "A medida busca fazer frente às tendências especulativas que se manifestaram recentemente neste setor" - apesar do esforço do governo, rebaixando o IVA.

O governo havia anunciado há duas semanas a redução do Imposto ao Valor Agregado (IVA), enquanto os produtores do setor se comprometeram a reduzir o preço do frango, para beneficiar a população ante o encarecimento de alguns produtos. No entanto, após uma queda inicial, o preço do frango voltou a aumentar, chegando a um preço superior ao de antes da implementação da medida.

"Temos que utilizar os mecanismos de mercado até onde podemos, tentando colaborar com o consumidor, que é em geral quem paga as conseqüências", disse, antes de pedir ao empresariado que "preserve a estabilidade econômica no país". O Uruguai não permitia até o momento a importação de frangos, alegando a proteção do status sanitário do país.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink