USDA: Produção brasileira de arroz vai cair

QUEDA PREVISTA

USDA: Produção brasileira de arroz vai cair

Arroz repete tendência de queda de longo prazo
Por: -Leonardo Gottems
1806 acessos

A produção brasileira de arroz beneficiado deve chegar a 7,68 milhões de toneladas na safra  2017/2018, segundo previsão do Departamento da Agricultura dos Estados Unidos (USDA). Se confirmado, o volume seria 8% menor que a safra anterior. A área total de arroz foi estimada em 1,95 milhão de hectares – 31 mil hectares a menos que o ano anterior, o que é parte de uma queda de longo prazo da área de arroz no Brasil.  A área total de arroz declinou em oito dos últimos 10 anos em função de que a soja tem sido muito mais lucrativa que o arroz em zonas de várzea.

No Rio Grande do Sul, o estado brasileiro que contabiliza 70% da produção total, é comum rotar arroz com soja em um intervalo de um ou dois anos. Para os produtores, essa rotação tem ajudado a aumentar a produtividade com material orgânico no solo. Segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o arroz irrigado já é mais de 90% do grão produzido no país e ocupa três quartos da área total com uma superfície estimada de 1,44 milhão de hectares em 2016/2017, comparado com apenas 500 mil hectares de área de várzea. No entanto, o maior produtor de área em várzea é o Mato Grosso, onde os níveis de produtividade são quase o dobro do que muitos estados produtores. A produção de arroz irrigado é concentrada no Sul do Brasil com estados como Rio Grande do Sul e Santa Catarina tendo como 1,22 milhão de hectares de superfície plantada.

Toda a metade sul do Rio Grande do Sul sofre com a seca gerada pelo fenômeno La Niña em meses recentes. No entanto, os produtores notaram que as reservas estavam mais baixas no final da safra do que já teve em anos anteriores. Alguns produtores mais próximos a costa reportaram problemas com salinização de água doce. A previsão para a safra seguinte é de 8,16 milhões de toneladas de produção.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink