USDA: produção global de soja é levemente reduzida

ESTATÍSTICAS

USDA: produção global de soja é levemente reduzida

Brasil também mostrou queda na produção
Por: -Leonardo Gottems
746 acessos

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgou o seu relatório de oferta e demanda dos produtos agrícolas do mês de março e indicou que as projeções para a produção global de soja no próximo ciclo foram levemente reduzidas, passando de 360,99 milhões de toneladas para 360,08 milhões. Ao contrário disso, os estoques finais da oleaginosa foram revisados para cima, de 106,72 milhões para 107,17 milhões de toneladas em todo o mundo. 

Para os Estados Unidos, a produção deve ficar a mesma do que foi estipulado no último relatório, ou seja, 123, 67 milhões de toneladas e uma produtividade média de 57,83 sacas por hectare. No entanto, os números do estoque da oleaginosa foram revisados para baixo, de 24,77 milhões para 24, 49 milhões de toneladas, enquanto as exportações devem se manter em aproximadamente 51,03 milhões de toneladas. 

Além disso, os dados relativos ao esmagamento da soja norte-americana mostraram um leve aumento, se considerados os números do relatório divulgado pelo Departamento durante o mês de fevereiro, passando de 56,88 milhões de toneladas para um total de 57,15 milhões. A tendência é de que as áreas plantada e colhida permaneçam no mesmo patamar, fechando em 36,1 e 35,65 milhões de hectares. 

Já em relação ao Brasil, houve uma mudança negativa em relação aos dados de produção da soja, que passaram de 117 milhões de toneladas no relatório para 116,5 milhões. Com isso, os estoques finais da oleaginosa também devem cair de 24,23 milhões para 23,73 milhões de toneladas, já que as exportações permanecem em 79,5 milhões de toneladas. 

Na Argentina os dados não sofreram mudanças, sendo que produção, estoques finais e exportação ficaram em 55 milhões,  29,55 milhões e 6,3 milhões de toneladas, respectivamente. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink