USDA reduz previsão para a soja brasileira

Agronegócio

USDA reduz previsão para a soja brasileira

A prevista queda dos estoques finais mundiais motivou a alta do grão em Chicago
Por:
1 acessos
Em relatório divulgado nesta quinta-feira, o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) reduziu sua estimativa para a produção brasileira de soja na safra 2004/05 para 59 milhões de toneladas, ante as 63 milhões previstas em fevereiro. Mas, apesar de significativo, o ajuste foi considerado conservador por especialistas do país, que em geral prevêem menos de 55 milhões em virtude da prolongada estiagem que reduziu a produção dos Estados do Sul.


Para Fernando Muraro, da Agência Rural, Antonio Sartori, da Brasoja, e Renato Sayeg, da Tetras Corretora, a redução foi conservadora. Sayeg, por exemplo, estima menos de 54 milhões de toneladas; Sartori, menos de 52 milhões. De qualquer maneira, com o ajuste efetuado o USDA também diminuiu a projeção para as exportações brasileiras nesta temporada, de 22,3 milhões para 21,1 milhões de toneladas, e para os estoques finais mundiais do grão, de 61,35 milhões para 55,98 milhões.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink