Uso de maturadores por irrigação na cana é viável?

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Leia nossos Termos de Uso e Termos de Privacidade. Ao clicar em Aceitar & Fechar, você consente com a utilização de cookies.


CI
Imagem: Pixabay
ANÁLISE

Uso de maturadores por irrigação na cana é viável?

Produtores de cana-de-açúcar fazem uso de maturadores para adiantar o amadurecimento
Por: -Eliza Maliszewski

Conhecida mundialmente como uma planta com alto teor de açúcar, a cana-de-açúcar alcança altas concentrações quando alguns fatores climáticos são significativos, como temperaturas abaixo de 21°C e estresse hídrico. Na região centro-sul do Brasil, esses fatores existem facilmente de julho a setembro e os campos colhidos nesse período obtêm a maior concentração de açúcar (POL).

No entanto, com as mudanças climáticas e a necessidade de iniciar a colheita cada vez mais cedo, tornou-se comum que as usinas colham alguns dos campos logo após a estação chuvosa (abril), resultando em uma queda significativa na concentração de açúcar.

Para resolver esse problema, os produtores de cana-de-açúcar fazem uso de maturadores para adiantar o amadurecimento antes da colheita. Eles são moléculas químicas que promovem a aceleração do desenvolvimento e muitos deles são herbicidas de baixa concentração que matam o crescimento apical, mas o Ethepon é um hormônio que amadurece a cana-de-açúcar sem prejudicar as plantas.

Uma grande dúvida que existe, principalmente no mercado de irrigação, é se no gotejamento, através da técnica conhecida como “drip protection”, há a possibilidade de se utilizar maturadores. Para responder esse questionamento foi realizado um trabalho em campo, onde o ethephon foi aplicado via sistema de injeção de insumos em uma parcela de 2 ha, onde foram fechadas três linhas de gotejamento para servir como controle. Após 60 dias, o experimento foi avaliado. 

"Após a análise dos dados, testados em 2 anos, concluímos que a aplicação de Ethephon, em sua dose comercial, via gotejamento é funcional, pois aumentou a qualidade da cana de açúcar em até 20 kg de ATR. Todavia, as características do produto, bem como época de aplicação e dosagem devem ser respeitadas e orientadas pelo fabricante", destaca Daniel Botelho Pedroso, especialista agronômico, Netafim Brasil.

O “Drip Protection” é uma tecnologia desenvolvida pela israelense de irrigação, em que é possível aplicar moléculas químicas, orgânicas e produtos biológicos através dos equipamentos de injeção do sistema de irrigação por gotejamento.

Nota:
1.045 kg de açúcar = 1 kg de POL
1,765 litro de etanol = 1 kg de POL

* Por 
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink