Uso de Probióticos na alimentação de suínos

Agronegócio

Uso de Probióticos na alimentação de suínos

Probióticos auxiliam na colonização intestinal e diminuem a concentração dos organismos patogênicos
Por: -Joana
3430 acessos
Os profissionais do segmento de nutrição suinícola vêm buscando cada vez mais alternativas para atingir bons índices zootécnicos, e dentro deste conceito, a inclusão de microrganismos vivos (Probióticos) nas rações dos suínos, microrganismos estes benéficos ao trato gastrintestinal dos animais, torna-se evidente.


Probióticos são culturas de microrganismos vivos que adicionados à ração dos suínos melhoram o equilíbrio da microbiota intestinal, reduzindo a colonização por agentes patogênicos e estimulando o sistema imune dos animais. Os probióticos, quando ingeridos pelos animais, exercem efeitos favoráveis à saúde do suíno. Eles auxiliam na colonização intestinal através das bactérias benéficas e diminuem a concentração dos organismos patogênicos.

Na suinocultura o uso de probióticos ocorre de forma crescente, e tem por objetivo melhorar o funcionamento do trato gastrintestinal. Como conseqüência, os suínos apresentam melhor crescimento em virtude da melhora no ganho de peso e da eficiência alimentar.


Uma microbiota intestinal saudável é primordial para manter a saúde do suíno. Ocorrendo um desequilíbrio entre a flora benéfica e prejudicial, ocorrem infecções, diarréia e outras doenças. Os principais mecanismos de defesa contra infecções no intestino são a mucosa intestinal intacta e o sistema imunológico eficiente.

Sendo assim, o consumo de rações que contenham probióticos permite que o equilíbrio da microbiota intestinal dos suínos seja mantido prevenindo enfermidades do trato digestório. Assim, ocorre uma melhora na digestibilidade das rações, garantindo melhor aproveitamento (absorção) dos nutrientes com conseqüênte melhora nos índices zootécnicos, como ganho de peso e conversão alimentar devido à menor incidência de diarréia nos animais. Diante do contexto sobre os benefícios dos Probióticos na alimentação dos suínos, a Imeve – Indústria de Medicamentos Veterinários, situada no interior de São Paulo, fabrica e comercializa três aditivos Probióticos voltados para a cadeia suinícola: DBI Líquido, DBI Pó Oral e PAS-TR. O DBI Líquido para Suínos é um suplemento vitamínico-aminoácido enriquecido com probiótico indicado para leitões na maternidade, desde o nascimento até o desmame. Já os Probióticos DBI Pó Oral e PAS-TR são indicados para utilização em rações de suínos nas diversas fases de criação. Vale lembrar que recentemente, os probióticos da Imeve foram reconhecidos e certificados internacionalmente, através do IBD (Instituto Biodinâmico) como insumos orgânicos.


As informações são de assessoria de imprensa


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink