Uso do cipó-vick para controlar o gorgulho-do-milho
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,156 (0,78%)
| Dólar (compra) R$ 5,59 (-0,36%)


Agronegócio

Uso do cipó-vick para controlar o gorgulho-do-milho

Alternativa simples e de baixo custo para proteger o milho armazenado em paióis
Por:
1881 acessos
Alternativa simples e de baixo custo para proteger o milho armazenado em paióis

Os ouvintes do Prosa Rural desta semana vão conhecer uma maneira simples e de baixo custo para espantar o gorgulho-do-milho, praga que ataca os paióis e pode acabar com a produção de milho, cevada, trigo e arroz. A matéria-prima é uma planta comum em boa parte da Amazônia: o cipó-vick, encontrado em áreas de capoeira e no alto das árvores.

“Ao se alimentar, o gorgulho perfura os grãos fazendo com que fiquem chochos. Se o agricultor estiver armazenando o milho para produção de sementes, perde-se essa utilidade e o grão também fica inadequado para alimentar os animais, sem os nutrientes necessários para a criação”, explica o pesquisador da Embrapa Acre, Murilo Fazolin.

Uma forma alternativa para o controle do gorgulho-do-milho é o cipó-vick, que quando é levemente amassado, libera um gás, o ácido cianídrico, que elimina o inseto. A planta, por ser abundante na Amazônia (principalmente nos estados em Roraima, Amazonas, Acre e em Rondônia), representa uma importante forma de economia para o agricultor. “A grande vantagem para os produtores rurais do Amazonas, Acre, Rondônia e Roraima é que o inseticida estaria no próprio quintal, basta colher, preparar e aplicar para a proteção dos grãos”, afirma Fazolin.

Com essa técnica, a produção pode ser armazenada por até oito meses, o que garante que o agricultor possa utilizar os grãos colhidos no momento mais apropriado, quando a criação necessita de suplementação alimentar ou na época em que os preços estejam melhores. O agricultor também tem a possibilidade de cultivar o cipó-vick, para evitar que a planta nativa se extingua com o uso intenso.

Durante o programa, o pesquisador enfatiza que são necessários cuidados para manipular o cipó-vick: deve ser utilizada máscara protetora e luvas. “Embora seja um produto proveniente de uma planta, ele é tóxico para a saúde humana, essa planta emite um gás forte e o agricultor precisa tomar cuidado. Também não se pode colocar a planta em contato direto com os grãos, para que eles não absorvam a umidade. Então, nós recomendamos a utilização de uma garrafa pet perfurada”, alerta.

O programa Prosa Rural é o programa de rádio da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. O programa conta com o apoio do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.

Responsável: Pricila Viudes
Email: pricila@cpafac.embrapa.br
Unidade: Embrapa Acre
 
 

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink