Vacinação contra aftosa termina dia 31

Agronegócio

Vacinação contra aftosa termina dia 31

Cerca de 12,2 milhões de bovinos e búfalos, em mais de 107 mil propriedades, devem ser imunizados em MT até o fim do mês
Por:
1305 acessos
Prossegue até o final deste mês a vacinação contra aftosa. Cerca de 12,2 milhões de bovinos e búfalos com idade abaixo de 24 meses, em mais de 107 mil propriedades, devem ser imunizados em Mato Grosso até o final deste mês. A meta é proteger a totalidade do rebanho, que no ano passado teve mais de 99% de cobertura vacinal nas duas etapas da campanha.


Segundo a fiscal federal agropecuária do Serviço de Defesa Agropecuária (Sedesa/MT), Ângela Jardim Duarte Vieira, a fiscalização da vacinação será reforçada nas propriedades de pequenos e mini produtores, nos assentamentos rurais, nas reservas indígenas e em fazendas próximas de locais de leilões e exposições.

"Serão acompanhadas todas as propriedades rurais localizadas na área considerada de vigilância, no raio de 15 km da fronteira com a Bolívia, nos municípios de Cáceres, Porto Esperidião e Vila Bela da Santíssima Trindade. O objetivo é prevenir o ingresso e a instalação de doenças novas ou já erradicadas no território mato-grossense oriundos do trânsito de animais diretamente da Bolívia", salienta.


O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e o Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea/MT) lançaram um projeto de educação sanitária na fronteira com a Bolívia neste ano. A iniciativa prevê a realização de palestras sobre sanidade animal a partir do segundo semestre.

Os pecuaristas devem comunicar oficialmente a aplicação da vacina em uma das 138 Unidades Locais de Execução (ULEs) até 10 de junho. A próxima etapa da campanha, prevista para começar em 1º de novembro, deverá abranger todo o rebanho do estado considerado o maior do país, com cerca de 29 milhões de cabeças. O Mato Grosso é reconhecido como livre de febre aftosa com vacinação pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink