Vai ter mais milho no Paraguai
CI
Imagem: Pixabay
OFERTA VEM FORTE

Vai ter mais milho no Paraguai

Clima excelente até agora e aumento de área muito maior do que o esperado
Por: -Leonardo Gottems

O Paraguai deverá aumentar sua produção de milho “safrinha” e exportar mais nesta temporada, aponta a Consultoria TF Agroeconômica. O país vizinho é um dos que mais crescem no mundo em produção de grãos, e vem aproveitando muito seu clima favorável para o cultivo de diversas safras anuais.

“Em menos de um mês, os agricultores norte-americanos começam a plantar seu milho 2022/2023 e, em dois meses e meio terminam. Exatamente no mesmo intervalo de tempo que o milho sazonal de 2022 do Brasil e do Paraguai confirmará, ou não, suas estimativas – que já são superiores às estimadas há cerca de um mês, de pouco mais de 90 milhões de toneladas no Brasil e pouco mais de cinco milhões de toneladas no Paraguai”, afirma o analista sênior da Consultoria TF Agroeconômica, Luiz Pacheco.

De acordo com o especialista, com o clima excelente de março e para uma área muito maior do que o esperado, o volume de colheita no Paraguai ficará longe de seis milhões de toneladas. “E para comemorar uma safra de milho como esta, porém, o Paraguai terá que exportar um volume de milho que nunca exportou para não sofrer um refluxo de preço, o tamanho da produção será versus suas limitações logísticas”, conclui Pacheco.

MILHO ARGENTINO

Os preços do cereal dos argentinos voltaram a subir entre US$ 4-8/tonelada na abertura da semana, com a alta das cotações na Bolsa de Chicago (+1,94%) e a manutenção dos prêmios. Os valores subiram US$ 7/t para US$ 306/t ou R$ 98,51 nos portos brasileiros contra R$ 97,84/saca, do dia anterior.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.