Vale investirá em suco de uva

Agronegócio

Vale investirá em suco de uva

Fruticultor da região do São Francisco pode ter sistema produtivo mais barato
Por: -Juliana Cavalcanti
1925 acessos

O Vale do São Francisco deve se tornar em breve também um grande produtor de suco de uva. Pesquisas da Embrapa apontam que o sistema produtivo mais barato e a possibilidade de produzir durante todo o ano são vantajosos argumentos para os produtores da região que atualmente vive da fruticultura e da vitivinicultura irrigadas. As uvas adequadas são de origem americana e podem ser usadas tanto como ´uva de mesa`, para vinhos do tipo espumante e para a produção de suco.

´A região está se estruturando de uma forma que a produção do suco de uva deve se desenvolver muito. Já existem empresários interessados nos resultados das pesquisas que estamos desenvolvendo desde 2006`, explica o pesquisador da Embrapa Giuliano Pereira. Os investimentos para equipar os laboratórios da Embrapa Semi-árido nos últimos anos chegam a R$ 1,5 milhão.

De acordo com Pereira, a produção de suco de uva pode atender pequenos, médios e grandes produtores. Na região do Vale do São Francisco,a vantagem da produção utilizando as plantas americanas está também na resistência delas à chuva, possibilitando até três safras por ano - algo que não acontece no Sul do país, onde a safra acontece entre os meses de janeiro e março.

Outras vantagens apontadas pelo engenheiro agrônomo para a produção de suco de uva no semi-árido são o aumento da produção de acordo com o envelhecimento das plantas e o nível de açúcar dos frutos. ´Quanto mais velha, maior a produção. É possível produzir, um, dois, cinco, até dez quilos de uvas por planta, de acordo com o ano. E aqui, ao contrário do Rio Grande do Sul, de São Paulo e de Minas Gerais, onde chove bastante, as frutas têm uma elevada concentração de açúcar`.

A Embrapa já fez reuniões para apresentar o suco de uva processado no Vale do São Francisco a empresários que se interessaram em investir na produção. Giuliano Pereira acrescenta que nos próximos meses a Embrapa deve apresentar qual espécie de uva possibilitou a melhor combinação entre química e qualidade, o quedeve fazer os empresários se decidirem pelo plantio. ´Acredito que existe mercado para a produção de suco de uva e de outras frutas da região. No caso da uva, retorno é muito grande, pois a produção é bem mais simples, as espécies são menos vulneráveis a doenças e mais fáceis de manipular`, conclui o pesquisador.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink