Valtra encerra Expodireto com faturamento superior de negócios
CI
Agronegócio

Valtra encerra Expodireto com faturamento superior de negócios

Marca comemora também lançamento nacional da Série A GII e Série A Fruteiro
Por:
O encerramento das atividades da 15ª Expodireto Cotrijal, que aconteceu de 10 a 14 de março em Não-Me-Toque (RS), comprovou a força que vem campo. Os negócios ainda estão sendo finalizados, mas já dá para garantir faturamento superior a 2013. Motivo de tanta comemoração, no que diz respeito ao fechamento de negócios, foi o anúncio feito pelo Governo Federal no final de 2013 sobre o PSI (Programa de Sustentação do Investimento), com taxa de 4,5% para pequenos e médios produtores, a boa perspectiva da safra no estado e o preço das principais comoditties.
 
Luiz Cambuhy, gerente comercial da Valtra, comenta que estes três fatores foram os responsáveis pelas ótimas vendas na feira. “Durante a feira percebemos que os produtores gaúchos estão mais ligados no que temos a oferecer. Eles aproveitaram este momento para aumentar a lucratividade da lavoura. Encontramos em Não-Me-Toque vários perfils de agricultores, no entanto o mesmo desejo: renovação de frota e tecnologia”. “Vendemos todos produtos expostos no pátio”, comemora.
 
Os tratores foram as grandes estrelas do estande da Valtra na Expodireto. Logo no primeiro dia de atividades a marca lançou a Série A Geração II e a nova linha Fruteira, a Série A Fruteira, tratores de 66 a 95 cv, que chega com design mais moderno e arrojado, novo capô basculante de fácil acesso aos radiadores e periféricos para limpeza e manutenção. “O anúncio desta linha foi nosso principal destaque no Rio Grande do Sul. O volume de concessionários e produtores interessados nestes produtos superou nossa expectativa na Expodireto”, disse Fabrício Müller, coordenador de vendas da Valtra no estado.
 
Outro produto que a marca apresentou aos produtores do Rio Grande do Sul é o modelo BH 180 da nova linha BH Geração III, com 189cv, com motor 6 cilindros turbo, opção para o agricultor que necessita ter em sua propriedade máquinas para desempenhar as mais variadas funções e atividades.
 
A ação de interação com o público que a Valtra realizou durante a feira teve como protagonista o novo trator da Linha BH Geração III. Câmeras fotográficas distribuídas em uma estrutura de 180º, registraram em 25 ângulos diferentes a mesma cena. A pessoa usou dos trator como cenário para compor as fotos. As imagens deram origem a um vídeo, que foi postado na página da marca no Facebook. O mais votado receberá como prêmio um IPhone 5. “Foram mais de 700 interações realizadas durante os cinco dias de feira. Cerca de 2,8 mil pessoas passaram por lá, comprovando que ações de relacionamento com o público são importante para fidelização dos clientes, disse Aline Faber, marketing diginal da Valtra.
 
Novidade que a Valtra anunciou aos produtores rurais do Norte do Rio Grande do Sul é a nacionalização da plataforma Draper HiFlex Série 600FD das colheitadeiras. A partir de agora os produtores que adquirirem este equipamento terão mais agilidade na entrega, serviço de pós venda mais eficaz, e principalmente facilidade na hora da compra. O agricultor poderá adquirir está máquina usando as linhas de crédito disponíveis no Brasil como, por exemplo, o Finame, do Governo Federal. Além disso a marca também levou à feira a linha completa de colheitadeiras para a rotina no campo.
 
Na área de implementos a Valtra expos a plantadeira à Taxa Variável, onde é possível depositar o fertilizante e as sementes de forma variável ou fixa de acordo as variabilidades físicas e químicas do solo, conforme um mapa de recomendação. Com o uso da taxa variável é aplicada somente a quantidade necessária de sementes e fertilizantes, permitindo a otimização dos recursos. Além disse estarão expostas as plantadeiras séries Hitech e Frontier da marca.
 
O grande destaque na área de ATS, divisão de equipamentos voltados à Agricultura de Precisão, a Valtra exibiu pela primeira vez o conceito Fuse Technologies, que aborda todos os aspectos da tecnologia de agricultura de precisão e auxilia os agricultores como aperfeiçoar suas operações através dos produtos e serviços da AGCO.
 
Para o mercado mercado forrageiro, a marca expôs as enfardadoras Challenger SB34, de fardos retangulares pequenos, e Challenger RB452, de fardos redondos. Equipamentos que combinam robustez e alta capacidade de produção para incrementar a linha de produtos para o segmento.
 
Outro equipamento em exposição foi o Pulverizador BS 3020H, que alia tecnologia e robustez. O chassi flexível e a suspensão pneumática garantem melhor estabilidade e tração do equipamento durante todo o processo de pulverização, independente do tipo de topografia. “Com esta máquina completamos a linha de soluções Valtra para a atividade agrícola brasileira exposta na Expodireto Cotrijal”, finaliza Fabrício Müller.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink