Valtra encerra Expointer com metas cumpridas

Agronegócio

Valtra encerra Expointer com metas cumpridas

Marca confirma expectativas positivas e registra 10% de crescimento em relação à edição de 2011
Por:
1918 acessos
Marca confirma expectativas positivas e registra 10% de crescimento em relação à edição de 2011
 
A indústria de máquinas agrícolas tem muito o que comemorar durante a 35ª edição da Expointer. Segundo o Sindicato das Indústrias de Máquinas e Implementos Agrícolas do Rio Grande do Sul (Simers), três dias antes do encerramento da feira as vendas do setor já haviam batido recorde, ultrapassando R$1 bilhão. A Valtra, marca do grupo AGCO, confirmou suas expectativas chegando ao penúltimo dia do evento com um crescimento de 10% em relação à edição do ano passado. As vendas de tratores superaram o desempenho do ano passado, destaque para os modelos leves da Série A e para o médio BM125i (125 cv), líder de vendas no Estado.
 
“Apesar da grave quebra de safra no Sul decorrente da estiagem no início do ano, muitos fatores contribuíram para a rápida recuperação do setor de máquinas agrícolas, como a valorização dos preços das commodities, a taxa de câmbio favorável e a ampliação das linhas de crédito. Com todos esses fatores postivos acreditamos que o segundo semestre de 2012 será, inclusive, melhor do que o de 2011”, afirmou Jalison Cruz, coordenador de vendas da Valtra.
 
Além disso, o desempenho da marca no segmento de colheitadeiras também superou as expectativas, registrando um aumento de 20% nas vendas em comparação com a edição passada. “Esse resultado afirma o fortalecimento da Valtra neste segmento. Nós estramos no mercado de colheitadeiras apenas em 2008 e, desde então, nossa participação vem só crescendo no Rio Grande do Sul”, celebrou.
 
Para esta edição da Expointer, a marca investiu na ampliação do seu portfólio e apresentou aos gaúchos a nova Série S de tratores de alta potência, equipados com a mais alta tecnologia. A Valtra trouxe também lançamentos exclusivos, como a nova Semeadora e Adubadora Fine, específica para a cultura de arroz, tradicional na região, e as enfardadoras Challenger SB34 e Challenger RB452 destinada às regiões pecuaristas e produtoras de leite.
 
“Apresentamos durante a feira um portfólio ainda mais completo do que no ano passado. Trouxemos nossa nova linha de tratores de alta potência para atender aos mais exigentes produtores de grãos e lançamos para mercado forrageiro dois modelos de enfardadoras”, destacou o coordenador de vendas.
 
Durante o evento, o consórcio nacional Valtra também registrou números expressivos nos negócios. De acordo com o coordenador comercial João Togni, o número de máquinas financiadas por esta modalidade foi maior que no ano passado. “Os produtores estão começando a criar uma cultura de planejamento através do consórcio, que é uma opção para quem pretende aumentar ou renovar a frota. É uma modalidade que tem crescido em média 5% ao ano”, explicou.
 
Além dos produtos e serviços oferecidos aos produtores, um dos grandes atrativos trazidos pela Valtra para a Expointer 2012 foi o ANTS, conceito de máquina agrícola do futuro que chamou a atenção do público no estande. Os visitantes puderam conhecer um pouco mais sobre o conceito por meio de um game que simula os trabalhos executados pela máquina. Mais de 400 visitantes passaram pelo simulador da Valtra, que vai premiar com um iPad3 a pessoa que atingir a maior pontuação no game.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink