Veja 5 dicas para obter alta produtividade
CI
Imagem: Pixabay
DICAS

Veja 5 dicas para obter alta produtividade

Comitê Estratégico Soja Brasil reuniu dicas para melhores resultados
Por: -Aline Merladete

Muitos produtores buscam maneiras de aumentar a produtividade na lavoura. A adoção das técnicas corretas e implantação de tecnologias colaboram para que o rendimento aumente.

Por isso, o Comitê Estratégico Soja Brasil (CESB) selecionou 5 dicas do Eng. Agro. Dr. João Pascoalino, coordenador técnico e de pesquisa do CESB, para obter altas produtividades. Confira: 

Dica 01: Construção do perfil do solo

A busca por um perfil do solo fisicamente ideal, quimicamente corrigido e biologicamente ativo é a chave para um bom enraizamento das plantas, sendo este o primeiro passo para construir um ambiente altamente produtivo, que permitirá a sustentação e a manutenção das condições ideais para o crescimento, desenvolvimento e produtividade das plantas. Nesse contexto, existem premissas importantes de serem consideradas para iniciar o processo de construção do perfil do solo: evitar o impedimento físico do solo, corrigir a fertilidade química do solo em profundidade, manter o equilíbrio químico e melhorar aspecto biológico do solo, logo tornando-o bioativo.

Dica 02: Escolha do material genético

Atualmente, é possível afirmar que os cultivares super precoce a tardio estão apresentando alto potencial produtivo, logo, conferindo ao produtor o poder de escolha de qual tecnologia trabalhar em seus respectivos campos de produção. Neste contexto, vale destacar que os melhoristas genéticos fizeram um ótimo trabalho, possibilitando este trunfo ao produtor. A escolha do cultivar mais estável e adaptado a região, além de conferir maior possibilidade de altas produtividades, podem proporcionar outros benefícios, tais como tolerância a herbicidas, resistência a déficit hídrico, pragas e doenças, estratégia para escape da ferrugem-asiática em região de maior intensidade da doença, colheita antecipada e mantendo a qualidade dos grãos, cultura da safrinha instaladas em período de chuvas mais frequentes e regulares, diminuição de custo de água e energia em cultivo irrigado e maturação mais uniforme e concentrada permitindo maior eficiência de tecnologia de aplicação e mecanização.

Dica 03: Qualidade das sementes

A qualidade das sementes se resume obedecer a quatro específicos atributos: (i) genético; (ii) físico; (iii) fisiológico e (iv) sanitário. A qualidade da semente faz-se importante no contexto produtivo, uma vez que sementes de alto padrão podem conferir vários benefícios e dentre eles podemos citar melhor qualidade e tecnologias de adaptação em distintas regiões; maior germinação e emergência das plântulas de maneira rápida e uniforme conferindo melhor estabelecimento das plantas; plantas de maior vigor e com desempenho superior no campo, o qual resiste mais a situações de estresse; elevada taxa de crescimento, o qual confere maior índice de área foliar e sistema radicular mais profundo competindo de forma eficiente pelos recursos naturais e maior potencial produtivo, chegando a índices de até 10% de aumento de produtividade.

Dica 04:  Implantação da lavoura

O fato de garantir uma correta escolha do cultivar e obter sementes de qualidade não garante o sucesso da lavoura, pois existem outros fatores de importância equivalente, os quais estão associados a implantação, tais como arranjo espacial e população de plantas, época de semeadura, tratamento de sementes e semeadora revisada e regulada, o qual permiti distribuir a sementes de forma equidistantes e em mesma profundidade. Cada prática complementar tem sua particularidade de manejo e soma dentro do aspecto produtivo, a exemplo, o tratamento de sementes cujo a sequência das aplicações dos produtos - fungicidas, inseticidas, micronutrientes e inoculantes – fazem a diferença na eficiência da prática, a definição da população de plantas “não tão poucas, a ponto de sobrar espaço na lavoura e nem muitas a ponto de causar problema de acamamento e competição entre plantas da mesma espécie pelos recursos essenciais”, assim o manejo precisa ser embasado em critérios e não ser realizado ao acaso.

Dica 05: Lavoura de alto potencial

A junção de todas as práticas, e isto associado ao correto manejo técnico delas, amplia as chances de obter uma lavoura de alto potencial, o qual tem como característica estande de plantas desejável e plantas uniformes facilitando e potencializando o manejo nutricional, de proteção de plantas e da colheita, sendo requisitos primordiais para uma lavoura de alta produtividade. Nesse contexto, a estratégia de lavouras bem instaladas é “tudo que adotar de manejo é para potencializar a produtividade” o contrário, para lavouras mal instaladas, é “tudo que adotar de manejo é para amenizar a perda de produtividade”. Essa lógica caracterizará lavoura de alto ou baixa investimento, respectivamente. 

VEJA MAIS: Os campeões do Desafio de Máxima Produtividade da Soja dão dicas para produtividade


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink