Veja como será a quinta-feira em todas as regiões do Brasil
CI
Imagem: Marcel Oliveira
AGROTEMPO

Veja como será a quinta-feira em todas as regiões do Brasil

Instabilidade segue avançando na região Sul
Por: -Aline Merladete

O destaque para esta quinta-feira (28/01) fica para o avanço das instabilidades na região sul devido à frente fria que se formou no final do dia de ontem, com um ciclone extratropical no oceano. A passagem dessas instabilidades, ontem, provocaram chuvas volumosas principalmente no RS onde os acumulados passaram dos 100 mm em pluviômetros nas cidades de Canguçu (119.6 mm), Jaguarão (110 mm) e Capão do Leão (105.6 mm) em um período de 24 horas. Além disso, na região centro norte do país e parte do nordeste, também há condições para chuvas volumosas nesta quinta-feira.

Na região norte,  é o calor e a grande quantidade de umidade na região que dão as condições para os temporais. Porém essas chuvas terão uma característica de verão, chove em uma localidade e não chove na outra, e podem ser pontualmente fortes principalmente no sul do AM, no TO e leste e norte do PA. Entretanto a condição de tempo seco, prevalece no estado de RR e em regiões adjacentes à Barcelos ao norte do AM. No AP, a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) ainda mantém o tempo instável com a possibilidade de acumulados significativos. 

Na região nordeste, o posicionamento da borda norte do Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN) favorece as áreas de instabilidades no MA, norte do PI e no CE. Contudo, este mesmo sistema, o VCAN, mantém a condição de tempo seco nas áreas abaixo do seu centro de atuação. Com isso, em praticamente todo o estado da BA, sul do PI, ao sertão Pernambucano a condição é de tempo seco e com temperaturas elevadas. Apesar de que na faixa leste da BA ao RN  há umidade, o tempo terá apenas variação de nuvens sem possibilidade de chuvas.

A presença dos Jatos de Baixos Níveis transportando uma grande quantidade de umidade sobre os estados do centro oeste, aumentam as condições de instabilidades na região. Para hoje, as chuvas continuam com distribuição irregular e podem ser localmente fortes na forma de pancadas, no MT e sul do estado do GO. Ao passo que, o transporte dessa umidade, em conjunto com a influência da frente fria, dá condições para acumulados significativos ao sul do MS, onde podem ser superiores à 50 mm. 

Na região sudeste, a massa de ar seco predomina em grande parte de MG, ES e RJ. AS condições para chuvas ficam restritas ao oeste e sul de SP e ao triângulo mineiro. Com uma característica típica de verão, concentrando as pancadas de chuvas entre a tarde e noite.

Na região sul, a frente fria que avança e mantém o alinhamento do fluxo de umidade, contribuindo para as chuvas, principalmente entre o norte do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná durante a quinta-feira. Porém o sistema de alta pressão na retaguarda deste sistema, aturá ao sul do RS deixando o tempo firme.

No entre sexta (29/01) e sábado (30/01), ainda são esperadas instabilidades sobre o centro-sul do país, principalmente entre o centro-leste de SC e do PR e no sul do MS e oeste de SP. No domingo (31/01), uma nova frente fria avançará pelo RS, voltando a reforçar as instabilidades sobre grande parte do RS, principalmente no centro-sul e oeste do estado gaúcho. Nas demais regiões do país, a previsão não apresentou mudanças significativas. Seguiremos com a influência dos sistemas em altos níveis favorecendo chuvas de forte intensidade entre o sul de GO e Triângulo Mineiro de forma isolada, principalmente a partir da tarde, e de forma mais generalizada, sobre o centro-sul da Região Norte. A borda norte do VCAN seguirá mantendo as instabilidades sobre a área entre o nordeste do PA e o CE onde ocorrerão pancadas de chuva de forte intensidade a partir da tarde, principalmente entre o nordeste do PA e centro-norte do MA. No litoral do AP, a atuação da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) mantém a condição de pancadas de chuva, devendo gerar acumulados elevados em alguns pontos. No decorrer da semana, o tempo ficará mais estável e com chuvas menos regulares em grande parte da região sudeste, devido ao avanço e persistência da massa de ar seco.

Mapa de chuvas para esta quinta feira


Temperaturas máxima

*Material exclusivo e elaborado pela equpe Agrotempo.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink