Venda de ovos cresce no Reino Unido
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,776 (-0,42%)
| Dólar (compra) R$ 5,26 (0,62%)

Imagem: Marcel Oliveira

MERCADO EXTERNO

Venda de ovos cresce no Reino Unido

Popularidade do ovo entre os britânicos cresceu durante a pandemia
Por:
34 acessos

As vendas de ovos aumentaram em mais de um terço no Reino Unido, devido a sua popularidade crescente entre os britânicos durante a pandemia de coronavírus. As vendas anuais no varejo de ovos com casca aumentaram 37%, para 294 milhões de libras durante o mês de julho. Os volumes aumentaram 28% no mesmo período.

Os números seguem um período de "demanda excepcionalmente alta" por ovos, como a rede Sainsbury colocou em maio, depois que foi forçada a comprar ovos da Espanha e da Itália para manter as prateleiras cheias.

A  rede Lidl também procurou ovos fora do Reino Unido, enquanto outras redes de supermercados enfrentam periodicamente escassez de ovos frescos durante o bloqueio, levando a aumentos de preços em algumas unindade de estocagem..

Mas, em meio a relatos da mudança da Sainsbury para reduzir os preços de seus ovos importados no mês passado (com caixas vendendo apenas 37p em algumas lojas), compradores, varejistas e fabricantes de alimentos procuravam em grande parte "a garantia de altos padrões de produção" de ovos cultivados no Reino Unido, sugeriu o British Egg Industry Council.

Isso se refletiu em um aumento de 28% ou 2,5 bilhões de ovos na produção do Reino Unido na última década, para um total de 11,39 bilhões de ovos no ano passado, segundo dados do BEIC.

"Os consumidores querem que os ovos usados nos produtos sejam britânicos e, finalmente, varejistas e fabricantes reconheceram isso", disse o presidente da BEIC, Andrew Joret. Ele acrescentou que o número de ovos (em formato de casca ou produto) importados estava agora no nível mais baixo desde 2011.

"Ao nos aproximarmos do Brexit, antecipamos totalmente que mais empresas de alimentos procurem os padrões garantidos da marca britânica Lion", disse Joret.

“Este ano, vimos o impacto da pandemia Covid no mercado, o que levou a um grande aumento no consumo de ovos e teve um grande impacto na disponibilidade de ovos em todo o mundo. No entanto, acreditamos que, quando o mercado voltar ao normal, veremos a tendência de longo prazo em relação aos ovos processados da British Lion continuar ganhando força. ”
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink