Vendedor recuado sustenta cotações do algodão

Algodão

Vendedor recuado sustenta cotações do algodão

Preços da pluma, mesmo em pleno período de safra nacional
Por:
110 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.

A disponibilidade de algodão no mercado spot, especialmente de boa qualidade, está inferior à demanda, cenário que tem sustentado os preços da pluma, mesmo em pleno período de safra nacional. De 18 a 25 de setembro, o Indicador do algodão em pluma CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, subiu ligeiro 0,15%, fechando a R$ 3,1925/lp nessa terça-feira, 25 – na parcial do mês, o Indicador permanece praticamente estável (+0,09%).

Segundo colaboradores do Cepea, boa parte dos cotonicultores segue focada no cumprimento de entregas de pluma aos mercados interno e externo. Quando há oferta para entrega rápida, muitas vezes, trata-se de lotes heterogêneos em qualidade. Tradings, por sua vez, mostram pouco interesse de venda no mercado doméstico, voltadas aos negócios para exportação. Do lado comprador, parte das indústrias e comerciantes está presente no mercado, em busca de lotes para entregas rápidas, enquanto outras seguem fora do mercado, trabalhando com a pluma já adquirida por meio de contratos. Entretanto, a “queda de braço” entre compradores e vendedores quanto a valores e qualidade segue limitando os fechamentos, sendo comum efetivações de pequenos volumes.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink