Volume de carne de frango permaneceu estável em setembro

Carne

Volume de carne de frango permaneceu estável em setembro

Produção brasileira de carne de frango de setembro passado, considerado um potencial mínimo
Por:
23 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente

Registrando volume nominal praticamente idêntico ao do mês anterior e ao do mesmo mês do ano passado (redução, nos dois casos, inferior a meio por cento), a produção brasileira de carne de frango de setembro passado, considerado um potencial mínimo, superou ligeiramente a marca do 1,090 milhão de toneladas – resultado projetado pela APINCO a partir do alojamento de pintos de corte.

Transcorridos três quartos do ano, o volume acumulado não vai muito além dos 9,9 milhões de toneladas, desempenho que representa redução de quase 3% sobre idêntico período do ano anterior. Notar, porém, que essa redução se concentra nos últimos cinco meses, período em que a média produzida (34.862 toneladas diárias) recuou quase 9% em relação ao trimestre inicial de 2018 (média de 38.190 toneladas diárias).

Supondo-se que, no trimestre final do ano (total de 92 dias) o volume produzido mantenha, aproximadamente, a média registrada em setembro passado (36.447 toneladas diárias), o total anual ficará em torno dos 13,270 milhões de toneladas, recuando cerca de 2,5% em relação a 2017.

Por ora, o volume acumulado nos últimos 12 meses ultrapassa ligeiramente os 13,3 milhões de toneladas. Não cabe, aqui, apontar o quanto isso representa em relação aos 12 meses imediatamente anteriores, porquanto os padrões da APINCO passaram por atualização a partir de janeiro de 2017. Portanto, comparação do gênero só será possível quando estiverem disponíveis todos os dados de 2018.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink