YAMI debate a educação como pilar fundamental para o futuro do agronegócio
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,782 (-0,26%)
| Dólar (compra) R$ 5,38 (2,78%)

Imagem: Divulgação

AGRONEGÓCIO

YAMI debate a educação como pilar fundamental para o futuro do agronegócio

Congresso direcionado aos jovens do setor será online, entre os dias 26 e 29 de outubro
Por:
69 acessos

A educação como base do futuro do agronegócio. Este será o tema de um dos painéis da programação do 2º YAMI - Youth Agribusiness Movement International, que será promovido entre os dias 26 e 29 de outubro, das 15h30 às 17h, em formato híbrido.

“Colocaremos a educação em evidência reunindo as principais instituições de ensino e importantes profissionais educadores para discutir sobre como estamos e o quanto precisamos trabalhar para atingir o máximo aproveitamento dos jovens no que diz respeito à cultura e à educação no futuro”, destaca a show manager do evento, Carolina Gama.

Essa discussão reforçará a importância das universidades e da formação acadêmica dos profissionais que estão iniciando a caminhada no setor para o crescimento e fortalecimento do agronegócio brasileiro, além da atualização quanto às tendências mundiais de consumo.

“Pretendemos evidenciar a importância de uma análise sobre as mudanças sofridas pelo setor nos últimos anos e todos os fatores que também serão alterados frente aos novos hábitos adquiridos com a pandemia da Covid-19, com foco na importância dos jovens recém-saídos das universidades para a atividade do campo”, acrescenta Carolina.

Agro como sinônimo de saúde

Também será destaque no evento a mudança de comportamento da sociedade e a transformação do agro, que fizeram com que o setor passasse de parte da economia para um dos pilares da saúde. Para isso, um painel no primeiro dia do Congresso contará com a apresentação de um vídeo do criador do conceito de agribusiness na universidade de Harvard e escritor do livro Food Citizenship, Ray Goldberg, que fará a abertura com um depoimento sobre sua obra.

O debate seguirá com a temática ‘A cidadania do alimento - a defesa do sistema alimentar numa era de desconfiança’, fazendo alusão ao tema do livro de Goldberg, que cita os fundamentos do sistema agroalimentar e a compreensão de estratégias segmentadas.

A moderação será feita pelo professor e pesquisador sênior de agronegócio global do Insper, Marcos Jank, que contará com a companhia do produtor rural e ex-secretário de Produção e Comercialização do Mapa, Pedro Camargo Neto; do coordenador do Pensa, Claudio Antonio Pinheiro Machado Fiho; do coordenador do Centro de Agronegócio da FGV-EESP (GV Agro) e ex-ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues; e da professora e pesquisadora sobre Estratégia, Empreendedorismo e Pessoas para a Inovação e palestrante da RCA Educação, Gislaine Baniski.

“Pretendemos levar os participantes a refletir sobre a cidadania na gestão das cadeias produtivas agroalimentares e como a educação se torna um pilar fundamental para a formação das futuras gerações, que serão os protagonistas do agronegócio no futuro”, finaliza a show manager. A programação completa do evento já está disponível em http://yamimovement.com.br/

Os interessados em fazer a inscrição para o 2º YAMI, com valor diferenciado pode acessar https://inscricao.yamimovement.com.br/visitantes/inicio.php.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink